Policial rodoviário morto em Ouro Branco poderia estar usando colete com furo

No Fantástico da TV Globo, equipes de socorro afirmaram que colete foi furado; perícia não foi concluída

Por Cada Minuto com Fantástico | 7 de julho de 2015 às 21:22

15939c0dc2399fbf73152d4800dca7baPoliciais de todo o Brasil podem estar correndo perigo. Dessa vez, em relação à qualidade dos coletes utilizados que, em tese, são à prova de balas ou não protegem como deveriam. Nesse domingo (05), o programa Fantástico mostrou o colete utilizado pelo policial rodoviário federal Luiz de Gonzaga Santos com furo. O policial foi morto há dois meses, na cidade de Ouro Branco, no sertão alagoano. Um criminoso atirou três vezes no policial, que morreu na hora. Equipes de socorro afirmam que o colete foi furado na ação criminosa. Perícia não foi concluída.

 

O Fantástico conseguiu o laudo do Instituto Médico Legal. Ele mostra que um dos tiros atingiu o hipocôndrio esquerdo de Luiz de Gonzaga. Nas fotos tiradas por um policial logo depois do crime, há um furo no colete bem no local que deveria proteger essa região do corpo.

 

Segundo a reportagem, foi diretoria de fiscalização de produtos controlados do Exército que testou e autorizou a fabricação do colete, que deveria suportar até tiro de calibre ponto 44. Mas o policial morreu com disparos de um calibre 38.

 

Logo, o policial Luiz de Gonzaga, 63, poderia estar usando um colete que não o estava protegendo. “Meu pai era apaixonado pelo que ele fazia. Tanto é que ele poderia já ter se aposentado e optou por continuar trabalhando, servindo a sociedade, defendendo a farda, a instituição que ele tanto amava”, diz a filha de Luiz, Luciana Santos Fontes.

 

Outro filho do policial considerou a situação absurda. “A gente perdeu o nosso pai por falta de condições de trabalho. Isso é absurdo”, lamenta Leandro Fontes Pereira, filho do policial.

 

O presidente da Federação Nacional da Polícia Rodoviária Federal, Pedro Cavalcante, disse que está acompanhando o caso. “Todos os policiais estão trabalhando com extrema insegurança. A gente inclusive está acompanhando de perto para que seja esclarecido essa ocorrência”, diz Pedro Cavalcante.

 

Coletes da mesma empresa, também aprovados pelo Exército, foram testados esta semana pela Polícia Militar de São Paulo. Os tiros furaram os equipamentos de proteção que iriam para a Rota, uma tropa de elite do estado.

 

A PM informou que usa diversas marcas de coletes e que devolveu o lote de 400 que foi reprovado à fabricante: a Companhia Brasileira de Cartuchos. Em nota, a empresa informou que “está realizando uma série de averiguações técnicas para identificar as causas do ocorrido”. Quanto à morte do policial Luiz de Gonzaga, a empresa disse que aguarda a conclusão da perícia.

 

Domingo passado (28), o Fantástico mostrou que existem acusações graves de corrupção contra a diretoria de fiscalização de produtos controlados do Exército. Pelo menos 12 militares são investigados. Eles são suspeitos de cobrar propina para liberar produtos que não protegem como deveriam.

 

O crime

 

No dia 10 de maio, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada para atender uma colisão lateral entre um veículo não identificado e uma motocicleta, na BR 423, em Ouro Branco/AL, com duas vítimas fatais.

 

Enquanto sinalizavam o acidente, providenciavam a retirada dos corpos, e registravam o sinistro, os agentes da PRF também se preocupavam com os curiosos que paravam no local. A aglomeração de pessoas poderia ocasionar atropelamentos.

 

Jeová, que pilotava uma motocicleta, parou no local, desceu da moto e se aproximou dos corpos. Segundo testemunhas, o policial foi questionar sobre a presença do homem na rodovia, quando percebeu que ele estava armado. Eles entraram em luta corporal e houve troca de tiros.

 

O policial foi atingido por três disparos. Ainda foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital.

 

ENQUETE
  • Na sua opinião, em qual área o governo da sua cidade deve investir mais?

    • Saúde (58%, 42 Votos)
    • Educação (15%, 11 Votos)
    • Agricultura (10%, 7 Votos)
    • Infraestrutura (8%, 6 Votos)
    • Turismo (5%, 4 Votos)
    • Ação Social (4%, 3 Votos)

    Total de Votos: 73

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.