Polícias de quatro estados participaram da operação que resultou na morte de 14 pessoas; cinco moradores de Delmiro Gouveia foram presos e dois mortos

Polícias dos estados de Sergipe, Alagoas, Bahia e Ceará participaram da operação.

Por Redação | 9 de dezembro de 2018 às 10:59

 

Caso que vem sendo repercutido nacionalmente, internacionalmente e ganhado destaque nos principais portais de notícias do Nordeste, resultou na morte de 14 pessoas em Milagres, no Ceará. O caso aconteceu na madrugada da última sexta-feira, 7; polícias dos estados de Sergipe, Alagoas, Bahia e Ceará participaram da operação.

 

Entenda o caso:

A “Madrugada Sangrenta” na cidade de Milagres aconteceu logo após um forte grupo de criminosos armados tentarem assaltar duas agências bancárias, renderem pessoas e levarem os reféns até os bancos, os quais pretendiam realizar o crime. Ao entrarem na cidade, guarnições do BPCChoque se depararam com a ação dos meliantes em andamento; houve confronto entre os suspeitos e policiais. 14 pessoas morreram, entre elas, os reféns.

 

Suspeitos mortos identificados pela perícia:

O núcleo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) de Juazeiro do Norte identificou dois dos oito suspeitos mortos, são eles Mackson Junior Serafim da Silva, 26 anos (natural de Capela/SE) e Lucas Torquato Loiola Reis, 18 anos, (natural de Delmiro Gouveia/AL), ambos residiam atualmente em Delmiro.

 

Quatro moradores de Delmiro Gouveia presos:

Na noite da última sexta-feira, 7, quatro pessoas de Delmiro Gouveia e uma de Paulo Afonso foram presas na cidade de Milagres, no Ceará.

Identificados como Geronilma Serafim da Silva (mãe de Mackson Junior que foi morto em confronto com a polícia), Denilson Moreira da Silva (irmão de Mackson), Jaiane Pereira Nogueira (companheira de Mackson) e Girlan Araujo dos Santos (natural de Água Branca/AL), eles foram abordados por equipes do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual da Polícia Militar do Ceará.

Segundo a polícia, todos foram detidos dentro de um carro Fiat Strada e conduzidos para a Delegacia de Polícia de Brejo dos Santos, os suspeitos estavam circulando no carro abordado pelos policiais militares na tentativa de resgatar pessoas envolvidas no crime e que estariam escondidas na região.

A polícia encontrou munições e um carregador de pistola .40; foram autuados por organização criminosa.

Ainda na ocasião, Erivan Jesus da Luz, morador de Paulo Afonso/BA, foi preso juntamente com os quatro. Segundo a polícia, ele teria sido um dos fugitivos do confronto.

 

Divulgação Internet

 

Buscas:

Buscas pelo restante dos suspeitos continuam com a participação de Agentes do Grupo de Ações Táticas Especial (Gate), do Comando Tático Rural (Cotar), da Força Tática (FT), Batalhão de Divisas da PM do Ceará e da Delegacia Regional de Brejo Santo.

 

Denúncia:

Quem puder contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar da captura de outros suspeitos, pode fazer a denúncia por meio do 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS); (88) 3531.4841, da Delegacia Regional de Brejo Santo; e (85) 3101-1140 / 3101-1141 / 3101-1142 / 3101-1143, da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF). O sigilo é garantido.

 

Veículo apreendido com os quatro moradores de Delmiro Gouveia/AL e um de Paulo Afonso/BA | Foto: PMCE

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você acredita que os vereadores de Piranhas estão fazendo um bom trabalho?

    • Não (83%, 24 Votos)
    • Sim (17%, 5 Votos)

    Total de Votos: 29

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.