Prefeitura de Piranhas age rapidamente e Canoa de Tolda volta a flutuar

Por Assessoria de Comunicação | 29 de dezembro de 2019 às 18:00

Foto: Ascom

Na madrugada de hoje, 29, a nossa Canoa de Tolda foi alvo de Vandalismo e afundou, logo nas primeiras horas do dia a secretaria de Infraestrutura já acionava os órgãos de segurança para a identificação dos envolvidos. A Prefeita do Município de Piranhas, Maristela Sena Dias determinou e acompanhou uma operação coordenada pelas Secretarias de Cultura e Turismo e Infraestrutura para reeguer a Canoa de Tolda. Graças o empenho de todos, a nossa Canoa de Tolda já se encontra sobre as águas do Velho Chico.

O caso:

Um dos patrimônios históricos de Piranhas, foi alvo de vândalos na madrugada deste domingo, 29. A Canoa de Tolda teve parte da estrutura destruída e acabou afundando.

Em contato com o Secretário de Cultura e Turismo da cidade, Fábio Pedrinhas, relatou que durante a noite deste sábado, 28, um funcionário da secretaria esteve no local e viu que havia um aglomerado de pessoas consumindo bebida alcoólica, ele também viu que a canoa estava regular.

Porém nas primeiras horas deste domingo, 29, foi constatado que o barco estava submerso. A Polícia Civil foi comunicada e o caso passará a ser investigado pelo delegado Daniel Mayer, titular de Piranhas.

A história:

A canoa de tolda foi introduzida no Rio São Francisco pelos holandeses no século XVII e ao passar dos anos se tornou no principal meio de transporte de cargas no Baixo São Francisco. A canoa de tolda representa toda uma história de desenvolvimento da região que compreende o baixo São Francisco entre os Estados de Alagoas e Sergipe. No Mundo existem apenas três canoas, sendo uma delas a canoa de tolda Piranhas ,outra em Piaçabuçu e uma no Museu do Mar em Santa Catarina.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.