Quatro pessoas são presas durante ação policial em Água Branca e Delmiro Gouveia

Por | 7 de novembro de 2023 às 9:35

Quatro pessoas foram presas durante uma operação policial em Água Branca e Delmiro Gouveia no Sertão de Alagoas. A ação foi desencadeada pelas polícias civil e militar em determinação do Poder Judiciário das duas comarcas.

Nas cidades foram cumpridos mandados de prisão contra acusados de estupros, roubos e homicídio.

Em Delmiro Gouveia foi preso Edson Farias, acusado de matar o próprio cunhado no ano de 2000 no Bairro Pedra Velha, a vítima foi identificada como Cícero Gomes da Silva. Edson estava morando em São Paulo e recentemente voltou a morar em Delmiro Gouveia utilizando um documento falso. O suspeito de homicídio foi preso enquanto estava trabalhando como pedreiro em um estabelecimento na Rua 13 de Maio de centro.

As outras prisões ocorreram em Água Branca, onde foram presos dois acusados de estupros e um de roubo, seguido de tentativa de homicídio.

Na Serra da Joana, um homem foi preso acusado de praticar ato libidinoso contra uma criança de oito anos. Ainda em Água Branca, outro homem foi preso acusado de estupro. “Ele estava tentando a todo custo ter relações sexuais com a vítima. O suspeito chegou a usar um pedaço de madeira pra ameaçar a mulher e mandava mensagens rotineiramente. O fato mais recente foi quando ele usou uma faca para intimidar a vítima em um local ermo, mas ela conseguiu escapar e acionou a polícia. Investigamos e hoje ele foi preso.” Disse o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti.

A última prisão ocorreu no Povoado Boqueirão. Um jovem que já havia sido preso, voltou a ser alvo da polícia novamente. Ele é acusado de tentar matar um homem e assaltar uma Disk Gelada no Bairro Vila 25. O suspeito recentemente estava praticando furtos na zona rural de Água Branca.

A ação contou com o apoio da Polícia Militar e da Diretoria de Inteligência Policial (DINPOL), além de Agentes da Polícia Civil.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.