Recém-inaugurado, hospital de Delmiro Gouveia suspende atendimentos por falta de energia

Por Redação | 24 de junho de 2021 às 10:00

Thiago Duarte

O Hospital Regional do Alto Sertão (HRAS), em Delmiro Gouveia, inaugurado na última segunda-feira (21), pelo governo de Alagoas, suspendeu os atendimentos por causa de falta de energia no local, conforme denunciou o ex-conselheiro estadual de Saúde, Tony Cloves, à Gazetaweb. O problema também foi alvo de questionamentos na sessão desta quarta-feira na Assembleia Legislativa. Apesar de já ter sido inaugurada, o governo do estado disse, por meio de nota, que a unidade só deve começar a receber pacientes na quinta-feira (1º).

Segundo Tony, o hospital – que teve um investimento de R$ 35 milhões em sua construção – encontra-se sem gerador e apenas um vigilante faz a segurança do local. Ele acrescenta que a situação é calamitosa e que moradores do munícipio se sentem ‘enganados’ pelo governo, visto que a unidade de saúde não vem suprindo a necessidade do povo, que não pode contar com um atendimento médico de qualidade.

O ex-conselheiro disse, ainda, que o vereador de Delmiro Gouveia Geraldo Xavier testou positivo para a Covid-19 e, no momento, encontra-se internado em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, esperando por uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital recém-inaugurado.

O vereador segue sendo acompanhado pela equipe médica da UPA, ao mesmo tempo em que espera o retorno do funcionamento do hospital. A saturação do parlamentar estaria baixa, um dos fatores para a necessidade de maiores cuidados.

Tony Cloves ainda chamou a atenção para a obra do hospital. Apesar de a unidade já ter sido entregue, Cloves reclama da fachada do lugar, que é tomada por barro e, que, em tempo chuvoso, fica difícil de se transitar. Ele pede que o governo estude um possível recapeamento no lugar, a fim de ajudar a quem precisa dos serviços do hospital.

Na sessão ordinária desta quarta-feira (23), na Assembleia Legislativa, os deputados Cabo Bebeto (PTC) e Davi Maia (DEM) comentaram sobre a falha verificada no hospital recém-inaugurado e repudiaram a falta de compromisso do governo.

“Ficamos sabendo que a obra foi inaugurada com uma série de falhas. Claro que a inauguração é muito maior do que qualquer dificuldade mínima que surgiu. Agora, recebi um áudio dando conta de que o vereador Geraldo Xavier, de Delmiro Gouveia, não conseguiu ser internado no novo hospital porque parte dele está sem energia. O vereador está internado na UPA do município. Então, isso é pura demagogia”, afirmou Bebeto.

Apesar de já ter sido inaugurado, o governo de AL enviou nota à Gazetaweb informando que os atendimentos aos pacientes só devem começar somente na quinta-feira, 1º de julho.

Confira na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Abertura do Hospital Regional do Alto Sertão

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) esclarece que o Hospital Regional do Alto Sertão (HRAS), que irá beneficiar mais de 160 mil sertanejos, está pronto para funcionamento. Ressalta que as equipes estão realizando a desinfecção, sanitização e organização dos fluxos de atendimento, além da testagem da rede de gases para o início do tratamento dos pacientes, e a previsão de início das internações é na próxima quinta-feira.

HOSPITAL

O Hospital Regional do Alto Sertão (HRAS) foi entregue na segunda-feira (21) pelo governador Renan Filho e o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres. Foram investidos R$ 35 milhões na construção do equipamento que contará, inicialmente, com 60 leitos, sendo 50 clínicos e 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), exclusivos para atender pacientes acometidos pela Covid-19.

Além disso, conforme anunciado, a unidade terá a capacidade para realizar 7.763 consultas e 7 mil exames de diagnóstico por mês e, com isso, reduzir o fluxo de sertanejos que buscam atendimento no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca, e no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió.

Fonte: Gazetaweb 

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2021 Todos os direitos reservados.