Sobrinha de “Tio Paulo” afirma que não percebeu que idoso estava morto

Por | 7 de maio de 2024 às 9:03

A cabeleireira Erika de Souza Vieira, que foi ao banco com Paulo Roberto, já morto, para tentar realizar um empréstimo bancário, disse que não percebeu o estado do idoso. A declaração foi feita em entrevista ao programa Fantástico no último domingo (5).

Erika de Souza, que também é sobrinha de Paulo Roberto, afirmou que desde o ocorrido viveu momentos horríveis e que ela não é “essa pessoa que estão falando”. A cabeleireira disse também que faz uso de remédio controlado, estava sob efeito de medicamentos no dia do ocorrido e que só percebeu que seu tio estava morto quando a Samu deu o atestado de morte.

Paulo ficou internado por uma semana antes de ser levado ao banco e que no dia da alta hospitalar,  sua sobrinha o levou ao banco que, segundo a família, liberou o empréstimo,  mas o saque deveria ocorrer em outra agência. Então, no dia seguinte, Erika foi com Paulo Roberto, morto,  ao banco.

Erika chegou a passar duas semanas presa, mas foi liberada da prisão na última quinta-feira (2).

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.