Suposto líder do tráfico em Delmiro e Paulo Afonso é morto durante emboscada na BR-423

Vitor Henrique Fortunato de Oliveira, 21 anos, tinha várias passagens pela polícia.

Por Ítallo Timóteo | 15 de outubro de 2015 às 17:56

catsUm suposto líder do tráfico de drogas em Delmiro Gouveia e Paulo Afonso, identificado como Vitor Henrique Fortunato de Oliveira, 21 anos, foi morto durante uma emboscada, na tarde desta quinta-feira (15), por volta das 16h, em um trecho da BR-423, próximo ao Posto Fiscal, no Povoado Jardim Cordeiro, município de Delmiro Gouveia. A vítima estava em uma van interestadual, quando foi surpreendida com vários disparos.

 

De acordo com testemunhas, a van que faz linha Delmiro/Paulo Afonso estava vindo sentido Alagoas/Bahia, quando o motorista teria parado às margens da rodovia federal para um passageiro descer. De forma surpresa, um homem que estava em um carro Ford Fiesta Sedan, atrás da van, teria se aproximado e efetuado seis disparos de fora do veículo de lotação. Os tiros atingiram Henrique Fortunato “Paulistinha”.

 

Em seguida os criminosos fugiram sentido Alagoas, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionadas, mas ao chegar no local, Fortunato já estava sem vida.

 

Policiais Rodoviários Federais (PRF) estiveram no local controlando o tráfego, uma vez que várias pessoas aglomeraram o lugar. Em seguida, equipes da Polícia Civil e Militar chegaram ao local e realizaram os primeiros levantamentos.

 

Segundo apurou o portal Radar 89, através da polícia, Fortunato tinha várias passagens, inclusive teria sido solto no dia de hoje (quinta-feira), onde cumpria pena por porte ilegal de arma, ele foi preso em Delmiro Gouveia, em 2013 com várias pedras de crack, espingarda calibre 12, munições e outros objetos ilícitos, na oportunidade ele teria ameaçado os policiais que efetuaram a sua prisão.

 

Fortunato também era acusado de comandar o tráfico de drogas, nas cidades de Paulo Afonso e Delmiro Gouveia, na Bahia, residia na Rua Beira Rio, no Bairro Prainha e comandava a venda de entorpecentes, no lugar do seu tio “Nego da Brita”, morto em um confronto com a polícia baiana.

 

O mesmo foi preso recentemente, após furar um bloqueio da Polícia Rodoviária Federal, em um trecho da BR-423 em Ouro Branco.

 

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML), o crime será investigado pela Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP).

 

Errata: A princípio foi divulgado que uma pessoa tinha sido baleada, na verdade o passageiro se assustou com os disparos e rastros de sangue de Fortunato se espalharam na perna dessa pessoa, que assutada achou que fosse um tiro.

 

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.