USP lança teste rápido de Covid-19 pela saliva nesta terça-feira

Por CNN Brasil | 1 de dezembro de 2020 às 2:00

Foto: Divulgação

A Universidade de São Paulo lança nesta terça-feira (1) um teste rápido que identifica o novo coronavírus pela saliva.

Criado pelo Centro de Estudos do Genoma Humano e Células-Tronco do Instituto de Biociências, em parceria com o Instituto de Química, o teste RT-Lamp detecta casos de Covid-19 em até 24 horas.

Na fase inicial, ele estará disponível apenas na capital paulista para 90 pessoas por dia, entre atendimentos presenciais e remotos.

O teste simplifica o método de coleta e análise. É possível até solicitar o kit de coleta para fazer o exame em casa.

O próprio paciente recolhe a saliva em um tubo de ensaio no sistema de autocoleta. Os resultados são enviados por e-mail. Indolor e não invasivo, o teste dispensa o uso de swabs, aquela espécie de cotonete que recolhe amostras de nasofaringe.

Isso também significa menor risco de infecção, pois não há necessidade da atuação de um profissional de saúde.

Tão preciso e sensível quanto o RT-PCR, referência na detecção de casos ativos do novo coronavírus, o teste pela saliva é mais barato. A coleta presencial custa R$ 90 enquanto o PCR oscila entre R$ 350 e R$ 400.

A pesquisadora Maria Rita Passos-Bueno explica que a redução de custos se deve ao fato de o teste da saliva não precisar extrair o ácido nucleico das amostras. Isso requer reagentes importados e caros.

Esse ácido, também conhecido como RNA, é um composto “primo” do DNA. Resumindo: os processos são mais simples no teste da saliva.

Um dos grandes desafios dos pesquisadores foi padronizar o teste, ou seja, criar soluções químicas que mantivessem o coronavírus estável, sem sofrer a ação das inúmeras enzimas presentes na saliva.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2021 Todos os direitos reservados.