“Vieira do Povão não foi preso, porém outro envolvido foi localizado” afirma delegada

Polícia esteve em sua residência e prendeu um homem identificado como Mauro Camilo, ele estava com uma espingarda calibre 12.

Por Ítallo Timóteo | 23 de julho de 2015 às 18:05

600922_481123258615352_776045788_n
Mauro foi preso na casa do vice-prefeito e segundo a polícia ele tem envolvimento no crime.

A delegada Lígia Nunes confirmou agora a pouco a reportagem do portal Radar 89 que o vice-prefeito Genaldo Soares Vieira, da cidade de Canapi não foi preso, porém uma pessoa identificada como Mauro Cesar Camilo da Silva foi localizado e com ele foi encontrado uma espingarda calibre 12. Ainda segundo as investigações, Mauro tem envolvimento na morte de Josielma Alves da Silva, 39 anos, que aconteceu no Bairro Prainha no município baiano.

 

Segundo informações, a comarca de Paulo Afonso teria expedido o mandado de prisão contra o vice-prefeito e o Mauro Camilo que é segurança particular do político, uma equipe foi designada até a cidade alagoana e ao chegar na casa de “Vieira do Povão” acabou encontrado o Mauro, durante uma revista minuciosa foi localizada uma espingarda calibre 12.

 

11780475_954237554628310_253058114_n

 

Ainda segundo informações da delegada, o político não se encontrava na cidade, as buscas continuam e o mesmo já é considerado foragido da justiça.

 

11791616_954071004644965_1401983171_n

 

 

O caso: 

 

A sertaneja Josielma Alves da Silva, 39 anos, que reside na cidade de Canapi-AL, foi baleada na manhã desta quinta-feira (9), por volta das 10 horas, em um salão de beleza localizado na Rua dos Pedrões, no Bairro Prainha, em Paulo Afonso – BA. Os autores do crime foram detidos minutos depois e confessaram durante o depoimento policial que teriam praticado o crime a mando do vice-prefeito Genaldo Soares Vieira, mais conhecido como “Vieira do Povão”. Apesar do depoimento o vice-prefeito ao saber da notícia de sua companheira sofreu um principio de infarto.

 

 

De acordo com a Polícia Militar da Bahia, populares ligaram para o Batalhão informando que uma mulher teria acabado de ser baleada no referido local, uma guarnição se deslocou até o local informado onde encontrou a mulher caída no chão e sangrando muito. Uma testemunha contou aos militares que a vítima estava sentada na cadeira, quando dois elementos que estavam em uma moto, cor vermelha, pararam em frente ao estabelecimento e atiraram contra a vítima.

 

Ferida com um tiro na região do pescoço, a mulher foi socorrida por uma Unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhada para o Hospital Nair Alves de Sousa, onde passou  por cirurgia para retirada da bala.

 

Com base nas informações conseguidas, os policiais saíram em diligência à procura dos suspeitos. Durante as buscas, a guarnição foi informada pelo CICOM, que havia um suspeito do crime na Rua Beira Rio. No local citado, estava o menor J. E. de L. S., 14 anos, que confessou aos PMs que a arma utilizada no crime estava com Fabiano da Silva Santos, vulgo Bolinha, morador da Barroca, que foi localizado e preso pela polícia.

 

Bolinha juntamente com o menor e uma moto CG Titan, placa NZL 7393, cor vermelha foram encaminhados para a Delegacia de Polícia para serem tomadas as providências cabíveis.

 

Em depoimento o menor informou a polícia que ele e Bolinha foram contratados para matar a mulher a mando do vice – prefeito da cidade de Canapi- AL e que eles receberiam R$ 2.500 reais pelo serviço.

 

Ao ficar sabendo do ocorrido, “Vieira do Povão” passou mal e foi socorrido para um hospital, em Palmeira dos Índios. Conforme boletim médico divulgado pela unidade de saúde, o vice-prefeito teve um princípio de infarto e foi preciso ser transferido para Maceió. A reportagem do portal Radar 89 tentou conversar com um assessor do vice-prefeito que preferiu não se identificar e ele relatou que só soube do caso através da nossa ligação, ele adiantou também que irá procurar alguém da família que possa se pronunciar sobre o caso.

 

 

A morte: 

 

Depois de passar dez dias internada, Josielma Alves da Silva, 39 anos, namorada do vice-prefeito Genaldo Soares Vieira, mais conhecido como “Vieira do Povão”, morreu neste domingo (19), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de Recife-PE. Josi, como era conhecida, foi baleada no dia 9 deste mês em um Salão de Beleza na cidade de Paulo Afonso – BA.

 

Josi estava em um salão de beleza localizado na Rua dos Pedrões no bairro Prainha, quando dois jovens em uma motocicleta teriam chegado e disparado um tiro que atingiu a região da nuca, depois de ser atingida a jovem foi socorrida pelo Serviço Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), pelo qual foi levada em estado grave para o Hospital Nair Alves de Souza.

 

 

Delegada diz que intimou vice-prefeito e ele não compareceu: 

 

A delegada Lígia Nunes titular da Delegacia de Atendimento a Mulher (DEAM) de Paulo Afonso, concedeu uma entrevista exclusiva ao programa Radar 89 na (Delmiro FM) para falar sobre o caso onde o vice-prefeito de Canapi, Genaldo Soares Vieira, mais conhecido como “Vieira do Povão” é acusado de mandar matar a sua ex-companheira Josielma Alves da Silva, 39 anos.

Na entrevista, a delegada diz que já intimou o vice-prefeito por duas vezes, porém a primeira vez ele não compareceu e enviou o seu advogado, já na segunda intimação realizada no dia 20 de março, o mesmo alegou está sobre atestado médico.

 

Ainda na entrevista a delegada disse que o advogado do “Vieira do Povão” está tentando fazer com que ele seja ouvido em sua cidade natal que é Canapi, porém a delegada negou, uma vez que o crime tenha sido praticado em Paulo Afonso e é outro estado.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.