Casal deve investir R$ 100 milhões em Alagoas em 2017, diz governador

Companhia saiu do vermelho e quer melhorar oferta de água a população.

Por Cada Minuto | 18 de janeiro de 2017 às 12:45

314f861a-7f77-4bce-998e-9c816c7ca60dA Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) deverá investir R$ 100 milhões em obras, sobretudo na oferta de água a população. O anúncio foi feito pelo governador Renan Filho durante entrega de maquinário agrícola, nesta segunda-feira (16), em Maceió.

 

Renan Filho afirmou que a Companhia está com “saúde financeira” e isso possibilitará a realização de investimentos em Alagoas. Ele destacou que apesar do histórico de prejuízos e reclamações, este é o primeiro ano em que a Casal deu lucro e figurou fora da lista das empresas mais reclamadas no Procon.

 

“A Casal está viva, com saúde para investir. A empresa deu prejuízo a vida inteira, mas agora tem capacidade financeira e vai investir. Só para ter ideia, em 2014 o prejuízo foi de R$ 54 milhões, em 2015 foram R$26 milhões, já diminuiu bastante e este será o primeiro ano que ela dará lucro. Isso vai melhorar a prestação de serviço e vai melhorar, sobretudo, a oferta de água à população”, afirmou o governador.

 

Para Maceió estão previstos investimentos de R$ 18 milhões e outros R$ 100 milhões para o restante do estado, segundo adiantou Renan Filho.

 

O ano de 2017 já iniciou com uma perspectiva preocupante para a maioria dos municípios alagoanos, que cada vez mais sofrem com a seca. Rodízios no abastecimento em Maceió não estão descartados, por exemplo, caso os níveis de chuva se mantenham baixos.

 

Outra preocupação é que a estiagem avance em mais regiões do estado e faça com que o Estado decrete situação de emergência. A situação mobilizou em dezembro a Companhia e o Comitê de Combate à Seca.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.