Cidades no Sertão têm mais da metade de todos os casos de microcefalia registrados em Alagoas

Dos cerca de 30 municípios que compõe o Sertão, Santana do Ipanema e Delmiro Gouveia despontaram com maior incidência.

Por Lucas Malta | 2 de dezembro de 2015 às 7:59

9a787580-257e-418f-999a-9f3b44ab5cc2Um levantamento atualizado da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), divulgado nesta segunda-feira (30), revelou que mais da metade dos casos de microcefalia em Alagoas foram detectados na região do Sertão do estado.

 

Dos 54 casos apontados, 29 foram percebidos em 12 cidades sertanejas. Os dados fizeram de Alagoas o 5º colocado entre os estados do país com o maior número de registros.

 

Dos cerca de 30 municípios que compõe o Sertão, Santana do Ipanema e Delmiro Gouveia despontaram com maior incidência, ambos com seis casos de microcefalia cada.

 

São José da Tapera também chamou a atenção, com quatro registros, além da cidade de Canapi, que tem um caso de microcefalia intrauterina.

 

Registro preciso

tabela_microcefalia

 

Entre algumas das explicações que aparecem para justificar o alto registro de microcefalia está o surto de zika, vivido neste ano pelas cidades sertanejas. Esse é um dos argumentos levantados pela médica infectologista do Hospital Regional Clodolfo Rodrigues de Melo, Mardjane Alves.

A especialista também fez questão de frisar que outra causa do alto registro está na precisão da catalogação de casos, que consequentemente mostram um numero o mais próximo do real.

 

“Fazemos um registro mais preciso possível, coisa que as vezes percebemos que outros municípios não fazem”, destacou Mardjane.

 

Estão de olho

 

O conselheiro municipal de saúde da cidade de Santana do Ipanema, Junior Cavalcante, afirmou que o conselho tem acompanhado esses registros de perto. O santanense disse que foi solicitado à Secretaria Municipal de Saúde um levantamento individual de cada caso, mas também aproveitou para reclamar sobre a falta de um equipamento que poderia atuar nesses casos. “O tomógrafo poderia estar ajudando bastante nesses casos, se ele estivesse em funcionamento”, alertou o conselheiro.

 

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.