Delmiro Gouveia: universitários ocupam prédio da UFAL em ato de manifesto contra a PEC-241

Manifestação pacifica acontece deste a noite desta quarta-feira (19), aulas foram interrompidas.

Por Ítallo Timóteo | 20 de outubro de 2016 às 10:21

 

Cortesia: Leitor do Radar 89
Cortesia: Leitor do Radar 89

Estudantes do curso de História da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) Campus do Sertão, ocuparam o prédio da instituição na noite desta quarta-feira (19), em um ato de manifesto contra a PEC-241. Aulas de todos os cursos estão suspensa até o término da manifestação que é pacifica.

 

Aproximadamente 150 alunos protestam contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que limita os gastos públicos no país, e a medida provisória sobre a reforma do ensino médio. Segundo os manifestantes, essas medidas afetam diretamente a qualidade da educação pública do país.

 

O que é a PEC-241: A PEC 241 propõe que, a partir de 2017, as despesas primárias da União fiquem limitadas ao que foi gasto no ano anterior corrigido pela inflação. Ou seja, em 2017, a despesa em termos reais (isto é, descontada a inflação ocorrida em 2016) ficará igual à realizada em 2016. Por sua vez, em 2018, o limite anual será o teto de 2017 acrescido da inflação, em 2017. E assim por diante, enquanto a PEC estiver em vigor.

 

O objetivo é conter a expansão da despesa pública primária que, no período 2008-2015, cresceu, anualmente, em média, 6% acima da inflação. O controle da expansão da despesa primária é fundamental para reduzir a despesa financeira, pois permite ao governo financiar sua dívida com uma taxa de juro menor. De fato, ao buscar adequar suas despesas às receitas auferidas, o governo sinaliza para os detentores de títulos públicos que os valores contratualmente estipulados nesses títulos serão honrados, possibilitando menores taxas na negociação de novos títulos públicos

 

A ocupação não tem data para ser concluída, a manifestação acontece em todo país.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.