Em entrevista: Cadeirante desabafa e diz “Delmiro Gouveia não tem Lei”

Giovani de Araújo Lima chega a insinuar que é algo pessoal do prefeito contra os moradores da Rua Professor Natalício Norberto na divisa entre os bairros Campo Grande/Bom Sossego, segundo o cadeirante as condições da rua é precária.

Por Ítallo Timóteo | 5 de março de 2015 às 11:12

Arquivo: Radar 89
Arquivo: Radar 89

O cadeirante Giovani de Araújo Lima em entrevista nesta quinta-feira (5), ao programa “A vez do povo no rádio” na (Delmiro AM 760), fez duras críticas às condições fornecidas pelo município, segundo ele, Delmiro Gouveia não tem lei e a sociedade não tem respeito com a classe dos deficientes.

 

Giovani contou que nesta quarta-feira (4), estava se dirigindo para o centro da cidade, quando ao passar próximo a um posto de combustíveis na Avenida Floriano Peixoto foi impedido por um carro que estava parado em cima de uma rampa de uso exclusivo dos cadeirantes.

 

Ele contou que pediu para o motorista retirar o veículo para que ele pudesse utilizasse, porém após ter utilizado, o motorista voltou a estacionar o carro de forma ilegal.

 

Revoltado o delmirense teria dito a ele que aquilo era crime e tentou acionar a polícia, mas não obteve êxito.

 

Ouça o áudio:

 

 

 

Ainda na entrevista, Giovanni fez diversas críticas especificamente para a Prefeitura, ele chega a insinuar que é algo pessoal do prefeito contra os moradores da Rua Professor Natalício Norberto na divisa entre os bairros Campo Grande/Bom Sossego, segundo o cadeirante as condições da rua é precária.

 

Ouça o áudio:

 

 

 

 

Giovani continua a fazer duras críticas dessa vez, “sem medo errar ele diz que em Delmiro Gouveia, não tem Lei, a lei não funciona, não é falta de cobrança, a gente cobra, os órgãos estão esclarecidos, pois não deixamos ficar em pune”.

 

Veja o que ele disse:  

 

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2021 Todos os direitos reservados.