Fugitivo do Presídio do Agreste estava preso por atentado contra deputado alagoano

Por Cada Minuto | 1 de agosto de 2022 às 11:00

Um dos nomes da lista dos fugitivos do Presídio do Agreste é de João Paulo Santos, mais conhecido como Satanás, que estava preso desde 2012 quando participou do atentado contra o deputado federal Nivaldo Albuquerque (Republicanos).

João Paulo conseguiu fugir da unidade de segurança junto com mais nove presos, sendo a maioria acusada pelo crime de homicídio. Essa não é a primeira vez que João Paulo foge de uma unidade prisional. Em 2017, ele e outros três presos conseguiram escapar do Presídio de Segurança Máxima, em Maceió, ficando alguns dias foragido.

Ele fazia parte de uma quadrilha na época do crime contra Nivaldo Albuquerque, que aconteceu na fazenda da família do político em Limoeiro de Anadia e contou com a participação de outros indivíduos. O deputado federal foi atingido por disparos de arma de fogo e sobreviveu ao receber atendimento médico na Unidade de Emergência do Agreste, em Arapiraca.

Veja os nomes dos fugitivos e os crimes praticados: 

Nome: Lucival da Conceição Bezerra Lima, “Problema”, de 22 anos.

Crime: Homicídio qualificado

Nome: Luan Alberto Araújo Ferreira, “Betinho”, de 25 anos.

Crime: Tentativa de homicídio

Nome: José de Lima Martins, de 23 anos.

Crime: Homicídio qualificado

Nome: José Sebastião Vicente da Silva, de 20 anos.

Crime: Roubo qualificado

Nome: José Rendrikson Barbosa Vilar, de 20 anos.

Crime: Homicídio qualificado

Nome: Henrique Alvino dos Santos, de 21 anos.

Crimes: Tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo

Nome: Jaelson Cândido da Silva, “Biu”, de 29 anos.

Crime: Roubo qualificado

Nome: Ewerton Soares Cordeiro, “Novato”, de 27 anos.

Crimes: Roubo qualificado, porte ilegal e tráfico de drogas

Nome: Claudemir da Silva, “MI”, de 29 anos.

Crimes: Roubo e homicídio qualificado

Nome: Alison Miranda da Silva, “Dinho”, de 24 anos.

Crime: Homicídio qualificado

Nome: Adilton Franca da Silva, de 35 anos.

Crime: Não divulgado

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2022 Todos os direitos reservados.