Tapera: protesto pede justiça em caso de mulher morta pelo ex-marido

Por Redação | 16 de setembro de 2021 às 11:30

Foto: Leitor

Na manhã da última quarta-feira (15), familiares e amigos da dona de casa Maria Telma Rodrigues da Silva, de 30 anos e que foi morta a facadas pelo ex-marido Erisvaldo Pereira de Souza, realizaram uma caminhada pelas  ruas de São José da Tapera, pedindo justiça, bem como a condenação do suspeito.

A mulher foi morta com seis facadas. De acordo com informações, o motivo seria porque a vítima teria se recusado a voltar a ter relações com o suspeito do crime.

Após uma conversa com o pai e que foi ouvida por duas filhas, Erisvaldo fugiu. Dias após o ocorrido, apresentou-se à polícia, fora do período de flagrante, acompanhado por advogados. Sem ter tido a prisão pedida pelo delegado Emanuel David, Erisvaldo foi ouvido e liberado.

O grupo saiu  do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), a pé, com cartazes e faixas e seguiram à sede do fórum da cidade.

 

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2021 Todos os direitos reservados.