Operação resulta na prisão de 11 pessoas acusadas de vários crimes no Sertão Alagoano

Ação foi desencadeada no município de Carneiros e foi comandada pelo Ministério Público Estadual e Polícia Militar.

Por Redação | 26 de setembro de 2014 às 16:31

Uma operação comandada pelo Ministério Público Estadual de Alagoas, que contou com a Companhia de Operações da Caatinga (COPES) de Piranhas, cumpriu um mandado de busca e apreensão, por volta das 5h desta sexta-feira (26), num acampamento cigano localizado no município de Carneiros. Onze pessoas foram presas e 14 armas recolhidas. O grupo é acusado de emprestar armamento para criminosos cometerem diferentes tipos de ilícitos no Sertão do Estado.

 

O trabalho de investigação teve início há cerca de 30 dias, quando a Promotoria de Justiça de São José da Tapera recebeu denúncias de que os ciganos daquele acampamento estariam emprestando armas para bandidos praticarem crimes de assalto e homicídios na região sertaneja de Alagoas.

 

“Fizemos uma parceria com a Companhia da Caatinga e demos início à apuração. Depois de quase um mês investigando os suspeitos, conseguimos descobrir que os acusados realmente vivem do aluguel de armamento e de agiotagem. Por essa última prática, eles extorquem aqueles que não conseguem efetuar o pagamento em dia, ameaçando as vítimas de morte, caso elas continuem a atrasar o débito”, explicou o promotor Luiz Tenório, que comanda a operação.

 

A ação também contou com o comando do capitão Winston Santana, da Companhia da Caatinga.

 

Prisões

 

A operação resultou na prisão de 11 pessoas em flagrante delito pelo crime de porte ilegal de armas: Gilberto Ferraz de Almeida, de 52 anos; Fabrício de Oliveira, de 22; Marcílio Barros Ramos, de 24; Noide de Barros Alencar, de 39 anos; Lucas Lima Alencar, de 20; Cláudio Ferraz de Alencar, de 23; Irani de Barros Alencar, de 21; Ramiro de Barros Alencar, de 22 anos; Batista Ferraz de Alencar, de 40; Baltazar Machado Pereira, de 30 e Francisco Machado Pereira, de 28 anos. Foram recolhidos oito revólveres 38, três revólveres 357, duas espingardas 12 e um rifle 44.

 

O mandado de busca e apreensão foi expedido pelo juiz Carlos Henrique Pita Duarte, da comarca de São José da Tapera. Ele foi cumprido no acampamento cigano situado na Travessa Adão Vieira, periferia da cidade de Carneiros. Presos e armas serão encaminhados à delegacia regional de Santana do Ipanema.

 

 

 

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você acredita que os vereadores de Delmiro Gouveia estão fazendo um bom trabalho?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.