Vereador Geraldo Xavier faz denúncias gravíssimas e cogita cassação de Lula Cabeleira

“Delmiro Gouveia hoje é uma catacumba, podre por dentro e pintada por fora”

Por Redação | 15 de janeiro de 2015 às 16:14

Crédito: Ítallo Timóteo
Crédito: Ítallo Timóteo

O vereador por Delmiro Gouveia, Geraldo Xavier (PMDB), concedeu entrevista ao programa Radar 89 na Delmiro FM, na tarde desta quinta-feira (15), e fez declarações polêmicas sobre o poder executivo municipal. Várias denúncias gravíssimas que podem levar a cassação do Prefeito Lula Cabeleira.

 

O vereador disse que já vem fazendo há algum tempo, uma “profunda investigação” e encontrou inúmeras irregularidades, entre elas, o edil citou desvio de dinheiro e “farra” no uso de diárias, acusações que se levadas a apreciação e posteriormente confirmação, caracterizam crimes de improbidade administrativa, resultando, por fim, numa possível cassação do atual prefeito do município Luiz Carlos Costa, o Lula Cabeleira (PMDB).

 

 

Crédito: Ítallo Timóteo
Crédito: Ítallo Timóteo

 

 

Xavier ainda adiantou parte de suas investigações e citou exemplos como o do filho do prefeito, Luiz Carlos Costa Filho, (Lulinha),  que recebia salário equivalente a R$ 5.000,00 (cinco mil reais) por exercer o cargo de assessor especial do prefeito, e acumulou durante o ano de 2014 mais de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) em diárias. A mesma situação supostamente acontecia na Secretaria de Saúde, especificamente com a secretária adjunta, Alice Gabriela Rocha dos Santos Moraes, que segundo o vereador acumulou mais de R$ 40.000,00 (quarenta mil reais) em diárias.  Nesse caso, Geraldo Xavier disse que a situação era pior, pois a secretária na verdade não usava o dinheiro em viagens, mas sim, devolvia a prefeitura.

 

O Edil ainda trouxe uma possível irregularidade nos contratos das empresas que gerenciavam o mercado público, a rodoviária municipal e o matadouro. Segundo ele a Prefeitura não cobrava o imposto que seria devido, a empresa deixou de pagar um “valor altíssimo” e a prefeitura renunciou receita, o que caracterizaria, segundo o vereador, improbidade administrativa, também resultando na possibilidade de cassação do mandato do prefeito Lula Cabeleira.

 

 

Crédito: Ítallo Timóteo
Crédito: Ítallo Timóteo

 

 

 

A assessoria jurídica da Prefeitura através do advogado Aílton Paranhos, entrou no ar durante a entrevista e respondeu às acusações do vereador. Segundo ele, as denúncias são infundadas e não passam de especulações. Paranhos disse ainda que Geraldo Xavier está fazendo “tempestade em copo d’água”.

 

Por sua vez, Geraldo Xavier rebateu as ponderações do advogado informando que seguirá com as investigações das supostas irregularidades e que o causídico deverá se preparar para defender o prefeito mais adiante, subentendendo-se que entrará com o pedido de cassação.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.