“Atirei para não morrer” afirma jovem que tentou matar delmirense em Água Branca

Suspeito e réu confesso afirmou após se apresentar nesta quarta-feira (21) com advogado. Ele irá responder em liberdade.

Por Ítallo Timóteo | 22 de setembro de 2016 às 2:57

Cortesia: Polícia Civil
Cortesia: Polícia Civil

“Atirei para não morrer” essa foi a afirmação dada pelo jovem Carlos Henrique Feitoza de Lima, acusado e réu confesso de ter tentado matar outro jovem identificado como Jeferson José Silva, 21 anos, na madrugada desta segunda-feira (19), no Povoado Várzea do Pico no município de Água Branca no Sertão de Alagoas.

 

Segundo o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, titular da 1ª – Delegacia Regional de Polícia (1ª – DRP) e responsável pela investigação. Carlos Henrique teria sido identificado após um trabalho de investigação efetivado com apoio do delegado Cícero Lima da Área-4 que cobre todo o alto sertão.

 

“Depois de ser identificado, Carlos Henrique compareceu nesta quarta-feira (21), na DEPOL perante o seu advogado e confessou ter efetuado seis tiros na cabeça de Jeferson, ele contou que teria atirado, devido o rapaz já ter roubado a sua residência e ter tentado mata-lo, com medo o jovem acabou atirando com uma pistola beretta de calibre 635, arma essa que segundo ele teria perdido durante a fuga.” Frisou o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti.

 

Depois de ser ouvido Carlos Henrique foi liberado e irá responder o crime em liberdade. A reportagem do portal Radar 89 tentou um contato com a Assessoria de Comunicação da Unidade do Estado (UE) Daniel Houly em Arapiraca para saber o estado de saúde da vítima, mas não obteve êxito.

 

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2024 Todos os direitos reservados.