Audiência onde Padre Eraldo, Gabriel, Cacau e Geraldo podem ser cassados é adiada

Adiamento foi realizado depois que advogado apresentou incapacidade para as atividades laborais. Audiência foi remarcada para o dia 10 de abril.

Por Ítallo Timóteo | 14 de março de 2018 às 6:10

 

O juiz eleitoral, Lucas Lopes Dória, titular da 40º Zona Eleitoral de Delmiro Gouveia adiou a audiência de instrução e julgamento  do prefeito Padre Eraldo, o vice Gabriel Varjão e os vereadores Geraldo Xavier e Cacau Correia, que aconteceria nesta terça-feira, 13. Os quatros respondem ao processo de crime eleitoral.

 

O magistrado informou que a audiência foi remarcada para o dia 10 de abril, às 13h, no Fórum da cidade localizado no Bairro Novo. O motivo do adiamento se deu por conta da incapacidade para as atividades laborais do advogado da parte de defesa, constatadas por laudo médicos apresentados.”

 

O prefeito, vice-prefeito e os dois vereadores são acusados de benefícios no período eleitoral. O primeiro seria uma consulta realizada pela irmã do vice-prefeito a uma pessoa durante o período eleitoral.

 

O outro processo seria sobre uma proposta de retirar uma família que residia em uma casa de taipa para uma casa melhor, caso eles fossem eleitos. Na época um vídeo foi gravado e está arquivado no processo judicial.

 

Se for comprovada as acusações que foram movidas pela coligação “Delmiro não pode parar”, do então candidato Givaldo Carimbão. Eraldo, Gabriel, Cacau e Geraldo perderão os mandatos e irão pagar uma multa no valor estipulado em R$ 50 mil reais.

 

 

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2021 Todos os direitos reservados.