Baixinho Boiadeiro é preso por morte do vereador Tony Pretinho em julgamento por outro crime

Além de Baixinho Boiadeiro, respondem pelo crime Anselmo Cavalcanti de Melo, conhecido como Preto Boiadeiro; e Thiago Ferreira dos Santos, o Pé de Ferro.

Por Redação com G1 | 4 de fevereiro de 2019 às 15:53

Foto: TV Gazeta/Reprodução

 

A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (4) José Márcio Cavalcanti de Melo, o Baixinho Boiadeiro, pelo homicídio do vereador de Batalha Tony Pretinho e também pela tentativa de assassinato a José Emílio Dantas. Ele estava foragido desde 2017, mas apareceu nesta manhã no júri popular de um duplo homicídio em que também é acusado.

 

Ao saber que o acusado havia comparecido voluntariamente ao julgamento, a Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) foi ao Fórum da Capital e cumpriu o mandado. Contudo, Baixinho Boiadeiro só deve ser levado ao presídio quando terminar o júri.

 

O duplo homicídio julgado nesta segunda aconteceu em 2006. Além de Baixinho Boiadeiro, respondem pelo crime Anselmo Cavalcanti de Melo, conhecido como Preto Boiadeiro; e Thiago Ferreira dos Santos, o Pé de Ferro.

 

Os três são acusados dos assassinatos de Samuel Theomar Bezerra Cavalcante Júnior, ex-cunhado do prefeito Paulo Dantas, e do sargento reformado Edivaldo Joaquim de Matos.

Durante intervalo do julgamento, Baixinho Boiadeiro assinou os mandados de prisão levados pela Deic. Ele vai poder acompanhar o júri até o final, como prevê a lei.

 

O juiz John Silas da Silva, titular da 8ª Vara Criminal da Capital, estima que o julgamento do duplo homicídio só deve acabar na terça (5).

 

Publicidade:

Deixe aqui seu Comentário

prefeitura delmiro
ENQUETE
  • Reforma da previdência, você é a favor ou contra?

    Resultado da Enquete

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.