Denúncia de locação de veículos é a mais grave contra prefeitura de Delmiro Gouveia

A informação foi confirmada pelo procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, durante coletiva de imprensa aos meios de comunicação da cidade na manhã desta sexta-feira (15).

Por Portal Editora Guia Mais | 18 de março de 2019 às 22:52

 

Entre as denúncias investigadas pelo Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL), contra a Prefeitura Municipal de Delmiro Gouveia, a de locação de veículos é mais grave. A informação foi confirmada pelo procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, durante coletiva de imprensa aos meios de comunicação da cidade na manhã desta sexta-feira (15).

 

De acordo com o procurador, existem dois procedimentos de investigação criminal na Procuradoria Geral referente ao município, com situações que merecem um aprofundamento nas investigações, mas a parte de locação de veículos e máquinas pesadas é onde estar sendo concentrado os trabalhos.

 

Ainda de acordo com o chefe da Procuradoria Geral, durante a operação deflagrada nesta sexta-feira (15) na Prefeitura Municipal de Delmiro Gouveia, vários documentos foram recolhidos. Desde a parte de licitação, pagamentos e balancetes.

 

Segundo o procurador, com a posse desses documentos, o Ministério Público fica respaldado da decisão que será tomada pelo órgão, que irá apurar e, caso haja as irregularidades, entrar com ação penal contra o prefeito Eraldo Cordeiro (PSD).

 

Gaspar informou também, que durante o dia, várias pessoas seriam ouvidas pelo órgão, na sede do Ministério Público de Delmiro Gouveia, para que mais adiante possam ser cruzadas as informações colhidas nas oitivas.

 

Desde o início da gestão de Eraldo Cordeiro, que contratos com empresas de locação de veículos são questionados pela população de delmirense, mediante o caos enfrentado em 2017, com a falta de transporte para servir a população.

 

Conforme o portal da transparência da Prefeitura Municipal de Delmiro Gouveia, dois contratos firmados pelo município, sendo um em 2017 e outro 2018, com as empresas Avante Locações de Veículos e Serviços LTDA e a José Etelvino Lins de Albuquerque Júnior-EPP ultrapassam o valor de 15 milhões.

 

Vale ressaltar que a Avante Locações de Veículos e Serviços LTDA, já é alvo de outro inquérito do MP/AL, por contrato suspeito com o município de União dos Palmares.

 

Atualizada às 9h45 do dia 16/03

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você acredita que os vereadores de Piranhas estão fazendo um bom trabalho?

    • Não (83%, 24 Votos)
    • Sim (17%, 5 Votos)

    Total de Votos: 29

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.