Fábrica da Pedra não será fechada e os 583 funcionários serão mantidos, garante grupo Carlos Lyra

Afirmação foi dada durante entrevista ao programa Radar 89 na Rádio Delmiro FM. Ainda sobre o caso Luiz Anhanguera explicou que todos servidores receberão seus salários em dia.

Por Ítallo Timóteo | 1 de abril de 2016 às 17:33

Advogado Mendes de Barros, Assessor João Edson e diretor Luiz Anhanguera concederam entrevista aos comunicadores Ferreira Delmiro e Ozildo Alves. Crédito: Ítallo Timóteo - Radar 89
Advogado Mendes de Barros, Assessor João Edson e diretor Luiz Anhanguera concederam entrevista aos comunicadores Ferreira Delmiro e Ozildo Alves. Crédito: Ítallo Timóteo – Radar 89

 

 

O diretor executivo da Fábrica da Pedra, Luiz Anhanguera Lessa acompanhado do Dr. Mendes Barros e de João Edson, respectivamente advogado e assessor especial do prefeito de Delmiro Gouveia, Luiz Carlos Costa (Lula Cabeleira’), estiveram nessa sexta-feira (1), no programa Radar 89 na Rádio Delmiro FM para esclarecer a situação da empresa. Em alto e bom som, o advogado Dr. Mendes Barros compartilhou com o povo de Delmiro Gouveia as palavras de Fernando Farias, diretor geral do Grupo Carlos Lyra em forma de tranquilizar os delmirenses dizendo: “A Fábrica da Pedra não irá fechar!.”

 

A empresa que já existe há mais de 100 anos teve o fornecimento da energia cortado nessa terça-feira (29), após não conseguir parcelar uma dívida de pouco mais de R$ 700 mil reais. Veja AQUI.

 

Na manhã de hoje sexta-feira (31), os representantes da prefeitura de Delmiro Gouveia e do Grupo Carlos Lyra reuniram-se com a direção da Eletrobrás onde foi formulada uma proposta para parcelar a dívida em 36 meses.

 

A assessoria da empresa informou à reportagem do portal Radar 89 que a proposta será analisada pela direção da empresa e que em breve dará uma resposta. Eles aproveitaram para esclarecer que: “o intuito é ajudar a empresa e não há intenção de prejudicar a empresa e os colaboradores”.

 

Ainda na entrevista o diretor executivo da Fábrica da Pedra Anhanguera Lessa esclareceu sobre uma notícia que foi veiculada em um portal de notícias na capital alagoana onde afirmava que a Fábrica teria afastado todos os funcionários.

 

Anhanguera explicou que aproveitando a situação e garantiu aos mais de 200 funcionários férias vencidas. Os demais tiveram férias coletivas o que irá resultar em uma parada temporária no mês de Abril. Porém, todos os salários serão pagos e no mês de maio os trabalhos serão reiniciados.

 

Já o diretor geral do grupo Fernando Farias afirmou na reunião em Maceió que a Fábrica não será fechada e que os funcionários não vão ser demitidos. A informação foi repassada pelo advogado Mendes Barros, ao vivo, no programa Radar 89 dessa sexta-feira.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.