Definida arbitragem para o segundo jogo da final do Alagoano 2019

Ele será auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Neuza Inês Back. Edna Alves Batista atuará como quarta árbitra.

Wagner Magalhães em ação no Rei Pelé | Pei Fon / TNH1

 

A Comissão Estadual de Arbitragem sorteou nesta quarta-feira (17) a escala de árbitros para a decisão do Campeonato Alagoano 2019. O quarteto FIFA será comandado por Wagner do Nascimento Magalhães. O árbitro já apitou o Clássico das Multidões entre CRB e CSA no primeiro jogo da final em 2017.

 

Ele será auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Neuza Inês Back. Edna Alves Batista atuará como quarta árbitra. Assim como o CSA fez no jogo de ida, o CRB solicitou a arbitragem FIFA para a decisão. Por ter a melhor campanha na soma das fases anteriores, o Galo tem o direito de ser o mandante na finalíssima.

 

O Azulão conquistou a vantagem do empate para chegar ao bicampeonato. O Galo precisa vencer por 2 ou mais gols de diferença no tempo normal para ser campeão. Caso vença por apenas 1 gol de diferença, o Regatas leva a decisão para os pênaltis.

 

CRB e CSA decidem a taça do Campeonato Alagoano 2019 no próximo domingo (21), às 16h, no Rei Pelé, em Maceió. O mando de campo desta vez será do Alvirrubro. O TNH1, a TV Pajuçara e a Rádio Pajuçara FM Maceió – 103,7 acompanham todos os detalhes do Clássico das Multidões ao longo desta semana.

 

CRB x CSA: saiba preços dos ingressos e pontos de venda para final do Alagoano

Os ingressos começam a ser vendidos nesta terça-feira (16), a partir das 12h. 

Crédito: Internet

 

Mandante na finalíssima do Campeonato Alagoano 2019, o CRB divulgou nesta segunda-feira (15) os valores dos ingressos para a decisão com o CSA, que será disputada no próximo domingo (21), às 16h, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Os ingressos começam a ser vendidos nesta terça-feira (16), a partir das 12h.

 

Os valores foram definidos em R$ 15 arquibancada baixa, R$ 20 arquibancada alta e R$ 50 as cadeiras especiais. Os preços são promocionais de meia-entrada. Sócios adimplentes do Galo têm acesso garantido ao setor correspondido ao plano. Por ser o mandante, o Regatas vai ter à disposição 70% da capacidade do estádio. Os torcedores do CSA ficarão no setor visitante do Trapichão, na área que representa os outros 30%.

 

Em campo, o CSA venceu o confronto de ida por 1 a 0, com gol de Robinho aos 4 minutos do segundo tempo. Não há critério de gol qualificado na final do Alagoano. O Azulão conquistou a vantagem do empate para chegar ao bicampeonato. O Galo precisa vencer por 2 ou mais gols de diferença no tempo normal para ser campeão. Caso vença por apenas 1 gol de diferença, o Regatas leva a decisão para os pênaltis.

 

Pontos de venda

Poly Sport (Centro e Maceió Shopping), Loja Regatas – Oficial do CRB (Avenida Dr. Antônio Gomes de Barros – Jatiúca), Kiosk Sports (Shopping Pátio), Via Esportiva (Galeria San Nicholas – Serraria), Estande do Galo (Shopping Maceió) e Bar do Carlão (Trapiche).

CSA vence o primeiro jogo e abre vantagem na final do Alagoano

Esta é a primeira vitória em um ‘Clássico da Multidão’, após quatro empates consecutivos.

 

Deu CSA! No primeiro jogo da final do Campeonato Alagoano, o Azulão venceu o CRB por 1 a 0 na tarde deste domingo, 14, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. A vitória representa vantagem no confronto final, no qual o time do Mutange leva o título em caso de empate e fica mais perto de conseguir o bicampeonato.

 

Se por um lado, o CSA terá vantagens, o Galo da praia precisará vencer por 2 ou mais gols de diferença no tempo normal para ser campeão. Como não há critério de gol fora de casa no Campeonato Alagoano, caso haja igualdade na soma dos placares, a decisão do título será nos pênaltis.

 

Esta é a primeira vitória em um ‘Clássico da Multidão’, após quatro empates consecutivos.

 

O Jogo

CSA e CRB

O jogo começou equilibrado com chances para os dois lados, mas muito desperdício por parte do CRB que mandou na trave aos 5′ com Ferrugem que chutou de fora da área e seguidos erros de finalização.

 

O CSA foi forçado a substituir aos 19′ do primeiro tempo por contusão de Ronaldo Alves substituído por Gerson. Depois foi a vez do CRB, com o meia Felipe Menezes que sentiu a posterior da coxa direita e Lucas entrou.

 

Ao voltarem do intervalo, sem substituições, o CSA mudou a postura e marcou o único gol da partida aos 4′, após Ferrugem perder a bola com toda a equipe no ataque. Robinho recebeu a sobre do contra-ataque e marcou.

 

O Galo ainda tentou reagir, mas não conseguiu mudar o placar.

 

Os finalistas já estão garantidos na Copa do Brasil 2020. Quem for campeão, vai assegurar vaga direta na fase de grupos da Copa do Nordeste 2020.

Com a vantagem do empate, Coruripe recebe o Jacyobá por vaga na Copa do Brasil

Coruripe e Jacyobá entram em campo na noite deste sábado

Agapito Santana / Ascom Coruripe

 

Coruripe e Jacyobá entram em campo na noite deste sábado (13), às 19 horas, no Estádio Gérson Amaral, pelo segundo jogo da disputa pelo 3º lugar do Campeonato Alagoano. O que está em jogo no duelo é uma vaga na Copa do Brasil do próximo ano.

 

No primeiro jogo – disputado no último domingo (8) – em Olho d’Água das Flores, o time do Coruripe venceu pelo placar de 1 a 0. Agora, o Hulk precisa apenas de um empate para conquistar a vaga na competição nacional.

 

Para o duelo diante do Jacyobá, o técnico Elenilson Santos deve mandar a campo a mesma equipe que venceu o primeiro jogo no Estádio Edson Matias.

 

O Jacyobá, por sua vez, precisa vencer o Hulk em Coruripe por um placar com dois gols de diferença para conseguir a vaga direta. Em caso de vitória do time sertanejo por um gol, o duelo será decidido nos pênaltis.

 

O técnico Jaelson Marcelino terá força máxima para conseguir a inédita vaga do time de Pão de Açúcar na Copa do Brasil.

 

Prováveis escalações:

Coruripe: Alexandre; Renato, Jessé, Islan e Chiquinho Bala; Jair Amaral, Palhinha e Kiko Alagoano; Alef Manga, Ivan e Etinho.

 

Jacyobá: Diogo; Alef, Beto, Marcelo e Hugo; Álvaro, Gaspar, Polinho e Fabinho; Soares e Alexandre.

Árbitro gaúcho da FIFA comandará primeiro clássico da final do Alagoano

Além do árbitro central, o sorteio também escolheu os assistentes

Reprodução CBF

 

Anderson Daronco (FIFA) será o árbitro do primeiro jogo da final do Campeonato Alagoano, entre CSA e CRB, neste domingo (14), às 16 horas, no Estádio Rei Pelé. Em 2017, o gaúcho apitou a decisão do Estadual, também disputado entre os dois maiores times de Alagoas.

 

Daronco foi escolhido após sorteio realizado na sede da Federação Alagoana de Futebol (FAF), na tarde dessa quinta-feira (11).

 

Além do árbitro central, o sorteio também escolheu osassistentes Bruno Boschila (CBF/PR) e Neusa Back (CBF/SC). Como quarta árbitra, Débora Cecília Correia (CBF/PE) foi sorteada. Todos estes também fazem parte do quadro da Fifa.

CSA e CRB podem receber milhões por direitos internacionais do Brasileirão

Os valores serão pagos anualmente

Itawi Albuquerque / RCortez / Ascom CSA

 

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) acertou um contrato com a empresa Sport Promotion/Ecotone pelos direitos internacionais do Campeonato Brasileiro da Série A. Com isso, o CSA pode embolsar uma quantia de quase R$ 15 milhões.

 

De acordo com o Portal Esporte e Mídia, o valor acertado entre a CBF e a Sport Promotion/Ecotone foi de R$ 80 milhões por temporada, durante quatro anos. O valor será dividido por igual entre os clubes da Série A, sendo que 10% do valor será destinado a clubes da Série B

.

Os valores serão pagos anualmente. O Azulão, caso se mantenha na elite do futebol brasileiro, receberá R$ 3,6 milhões por ano.

 

Galo pode ser beneficiado

Nos últimos anos, o CRB manteve-se firme na Série B do Campeonato Brasileiro. Caso siga na competição pelos próximos quatro anos, receberá um valor de R$ 1,6 milhão (R$ 400 mil por ano).

Rivais, Náutico e Santa chegam às semifinais da Copa do Nordeste 2019

 

Náutico e Santa Cruz levaram a melhor nas quartas-de-final da Copa do Nordeste e carimbaram vagas nas semifinais do torneio nacional. Apesar da vaga, o caminho das equipes foi diferente. Enquanto o Timbu surpreendeu fora de casa, o Coral precisou dos pênaltis para avançar no Arruda.

 

Foi com emoção no Arruda

Em uma atuação digna de heroísmo, o Santa Cruz se classificou às semifinais da Copa do Nordeste. Com um jogador a menos durante boa parte do segundo tempo, os pernambucanos arrancaram um empate, por 1 a 1 contra o CRB, no Estádio do Arruda, em Recife, pelas quartas-de-final.

 

O time coral sofreu um gol aos 41, porém, não se abalou e, no abafa, o empate veio aos 47, no último lance.

 

Em uma disputa de pênaltis emocionante, prevaleceu a competência dos recifenses, agora classificados às semifinais do torneio. Após 16 cobranças, o goleiro Anderson defendeu a bola chutada por Maílson.

 

Timbu surpreendeu o Vozão

Guerreiro em campo, o Náutico ‘calou’ o Castelão na noite deste sábado, venceu o Ceará, por 2 a 0. Os gols da partida foram anotados por Valdo, contra, e Thiago, ambos já no final do segundo tempo. Uma ducha de água fria ao Vozão.

Marcelo Chamusca é o novo técnico do CRB

Foto: Thiago Gadelha/Diario do Nordeste

 

O baiano Marcelo Chamusca, 52 anos, é o novo comandante técnico do Galo para a temporada 2019. Chamusca já irá assistir in loco o jogo Bahia e CRB, pela Copa do Brasil, na terça-feira e na quarta-feira já estará em Maceió para comandar os treinamentos.

Marcelo Chamusca tem grandes trabalhos em sua carreira como treinador, como no Salgueiro, Fortaleza, Paysandu, Guarani e Ceará. Mais recentemente esteve no Vitória da Bahia.

Além de já ter conquistado títulos de campeonatos importantes como o Cearense (duas vezes) e o Paraense, Chamusca tem em seu currículo o feito de já ter conquistado acesso com clubes de em todas as divisões do futebol brasileiro: Salgueiro da D para a C, Guarani da C para a B e o Ceará da B para a Série A.

Flamengo empata com o Fluminense e se classifica para a final do Carioca

Artilheiro Gabigol entrou no segundo tempo e marcou o gol rubro-negro sobre o rival

Gabigol e Everton comemoram! Foto: Alexandre Vidal

 

Estamos em mais uma final. O Flamengo empatou com o Fluminense em 1 a 1, neste sábado, no Maracanã, e garantiu a classificação para a final do Campeonato Carioca. O gol rubro-negro foi marcado pelo artilheiro Gabigol, que entrou no segundo tempo.

 

Primeiro tempo

O Flamengo comandou as ações no primeiro tempo. Aos 7 minutos, Arão marcou de cabeça, mas a arbitragem anulou após consultar o VAR. Viu falta no goleiro Rodolfo. Aos 18 minutos, Diego arriscou de fora da área e o goleiro Rodolfo defendeu sem soltar. Aos 30 minutos, Diego, novamente ele, chutou com a bola no ar, mas o goleiro Rodolfo defendeu. Aos 41 minutos, Bruno Henrique chutou, e Rodolfo fez uma grande defesa. No rebote, Uribe não conseguiu alcançar. Logo após o lance, o Fluminense, em sua única chance, abriu o placar com Gilberto de cabeça. Nos acréscimos, o Flamengo ainda teve mais uma chance com Léo Duarte, mas o zagueiro cabeceou pra fora.

 

Segundo tempo

No segundo tempo, o Flamengo seguiu em cima. Logo com 1 minuto de jogo, Bruno Henrique recebeu pela esquerda e quase marcou. Rodolfo salvou o Flu mais uma vez. Aos 3 minutos, Arão recebeu belo passe de Everton Ribeiro e quase marcou um belo gol. A bola subiu muito. Aos 8 minutos, Diego bateu colocado, a bola desviou na zaga tricolor e foi por cima. Aos 22 minutos, Pará encontrou Arrascaeta livre na área, mas a zaga tricolor salvou. O gol veio em seguida com Gabigol. Ele bateu rasteiro e Rodolfo aceitou: 1 a 1 e Mengão na final.

 

E agora?

 

O Flamengo volta a jogar na quinta-feira, contra o San José, às 21h, no Maracanã, pela Taça Libertadores.

CRB tem problemas na defesa para jogo decisivo contra o Santa Cruz

Dupla de zaga deve ser formada por Guilherme Mattis e Luiz Fernando

CRB que enfrentou o Bahia pode ter duas baixas contra o Santa: Edson Henrique e Claudinei — Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

 

O CRB vai precisar de ajustes na zaga para o jogo contra o Santa Cruz, no próximo sábado, às 20h, pelo Nordestão. Wellington Carvalho ainda se recupera de uma lesão no tornozelo, deve viajar para Recife, mas tem o poucas chances de jogar. Uma baixa certa é o zagueiro Edson Henrique, suspenso.

 

Assim, o técnico Roberto Fernandes deve escalar Guilherme Mattis e Luiz Fernando na defesa. O volante Ferrugem se recupera de lesão no ombro e deve jogar. O volante Claudinei sentiu a posterior da coxa na partida contra o Bahia, na terça, e está em observação.

 

Fernandes deve escalar o time com: Edson Mardden; Júnior, Guilherme Mattis, Luiz Fernando e Igor; Ferrugem, Lucas e Felipe Menezes; Mailson, Barbio e Zé Carlos.

 

O meia Felipe Menezes se recuperou de uma lombalgia e voltou ao time contra o Bahia.

 

– Infelizmente, fiquei de fora do jogo contra o Botafogo-PB. Sinceramente, não queria ficar de fora, até porque tive uma sequência boa nessa reta final do estadual e na Copa do Nordeste. Queria aproveitar isso. Mas não tive condição nenhuma de entrar em campo e tenho certeza que não seria ideal. Foi prudente ficar de fora e voltar contra o Bahia. Agora são três dias para recuperar todo mundo e vamos lá para Recife fazer um grande jogo – comentou o meia.

 

O jogo é eliminatório. Por ter feito uma campanha pior que o adversário, o Galo vai jogar fora de casa. Mas a vantagem para por aí. Empate no Arruda leva a decisão para os pênaltis.