Marcelo Chamusca é o novo técnico do CRB

Foto: Thiago Gadelha/Diario do Nordeste

 

O baiano Marcelo Chamusca, 52 anos, é o novo comandante técnico do Galo para a temporada 2019. Chamusca já irá assistir in loco o jogo Bahia e CRB, pela Copa do Brasil, na terça-feira e na quarta-feira já estará em Maceió para comandar os treinamentos.

Marcelo Chamusca tem grandes trabalhos em sua carreira como treinador, como no Salgueiro, Fortaleza, Paysandu, Guarani e Ceará. Mais recentemente esteve no Vitória da Bahia.

Além de já ter conquistado títulos de campeonatos importantes como o Cearense (duas vezes) e o Paraense, Chamusca tem em seu currículo o feito de já ter conquistado acesso com clubes de em todas as divisões do futebol brasileiro: Salgueiro da D para a C, Guarani da C para a B e o Ceará da B para a Série A.

Flamengo empata com o Fluminense e se classifica para a final do Carioca

Artilheiro Gabigol entrou no segundo tempo e marcou o gol rubro-negro sobre o rival

Gabigol e Everton comemoram! Foto: Alexandre Vidal

 

Estamos em mais uma final. O Flamengo empatou com o Fluminense em 1 a 1, neste sábado, no Maracanã, e garantiu a classificação para a final do Campeonato Carioca. O gol rubro-negro foi marcado pelo artilheiro Gabigol, que entrou no segundo tempo.

 

Primeiro tempo

O Flamengo comandou as ações no primeiro tempo. Aos 7 minutos, Arão marcou de cabeça, mas a arbitragem anulou após consultar o VAR. Viu falta no goleiro Rodolfo. Aos 18 minutos, Diego arriscou de fora da área e o goleiro Rodolfo defendeu sem soltar. Aos 30 minutos, Diego, novamente ele, chutou com a bola no ar, mas o goleiro Rodolfo defendeu. Aos 41 minutos, Bruno Henrique chutou, e Rodolfo fez uma grande defesa. No rebote, Uribe não conseguiu alcançar. Logo após o lance, o Fluminense, em sua única chance, abriu o placar com Gilberto de cabeça. Nos acréscimos, o Flamengo ainda teve mais uma chance com Léo Duarte, mas o zagueiro cabeceou pra fora.

 

Segundo tempo

No segundo tempo, o Flamengo seguiu em cima. Logo com 1 minuto de jogo, Bruno Henrique recebeu pela esquerda e quase marcou. Rodolfo salvou o Flu mais uma vez. Aos 3 minutos, Arão recebeu belo passe de Everton Ribeiro e quase marcou um belo gol. A bola subiu muito. Aos 8 minutos, Diego bateu colocado, a bola desviou na zaga tricolor e foi por cima. Aos 22 minutos, Pará encontrou Arrascaeta livre na área, mas a zaga tricolor salvou. O gol veio em seguida com Gabigol. Ele bateu rasteiro e Rodolfo aceitou: 1 a 1 e Mengão na final.

 

E agora?

 

O Flamengo volta a jogar na quinta-feira, contra o San José, às 21h, no Maracanã, pela Taça Libertadores.

CRB tem problemas na defesa para jogo decisivo contra o Santa Cruz

Dupla de zaga deve ser formada por Guilherme Mattis e Luiz Fernando

CRB que enfrentou o Bahia pode ter duas baixas contra o Santa: Edson Henrique e Claudinei — Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

 

O CRB vai precisar de ajustes na zaga para o jogo contra o Santa Cruz, no próximo sábado, às 20h, pelo Nordestão. Wellington Carvalho ainda se recupera de uma lesão no tornozelo, deve viajar para Recife, mas tem o poucas chances de jogar. Uma baixa certa é o zagueiro Edson Henrique, suspenso.

 

Assim, o técnico Roberto Fernandes deve escalar Guilherme Mattis e Luiz Fernando na defesa. O volante Ferrugem se recupera de lesão no ombro e deve jogar. O volante Claudinei sentiu a posterior da coxa na partida contra o Bahia, na terça, e está em observação.

 

Fernandes deve escalar o time com: Edson Mardden; Júnior, Guilherme Mattis, Luiz Fernando e Igor; Ferrugem, Lucas e Felipe Menezes; Mailson, Barbio e Zé Carlos.

 

O meia Felipe Menezes se recuperou de uma lombalgia e voltou ao time contra o Bahia.

 

– Infelizmente, fiquei de fora do jogo contra o Botafogo-PB. Sinceramente, não queria ficar de fora, até porque tive uma sequência boa nessa reta final do estadual e na Copa do Nordeste. Queria aproveitar isso. Mas não tive condição nenhuma de entrar em campo e tenho certeza que não seria ideal. Foi prudente ficar de fora e voltar contra o Bahia. Agora são três dias para recuperar todo mundo e vamos lá para Recife fazer um grande jogo – comentou o meia.

 

O jogo é eliminatório. Por ter feito uma campanha pior que o adversário, o Galo vai jogar fora de casa. Mas a vantagem para por aí. Empate no Arruda leva a decisão para os pênaltis.

Obras de adaptação do Estádio Rei Pelé para jogos da Série A entram na reta final

Estádio recebeu visita do governador Renan filho nesta segunda (1º); investimento busca cumprir exigências da CBF e promover outras melhorias

Renan Filho visitou obras de restruturação do Estádio Rei Pelé nesta segunda-feira (1º) Fotos: Márcio Ferreira

 

O governador Renan Filho fez, na manhã desta segunda-feira (1º), uma visita ao Estádio Rei Pelé para conferir de perto o andamento das obras requisitadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) com vistas à realização dos jogos da Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol 2019, que serão disputados pelo Centro Sportivo Alagoano (CSA). Ele também participou de uma reunião técnica para avaliar o cronograma de melhorias executadas no Trapichão.

 

“Estamos com o Trapichão em obras. Tudo o que a CBF exige, estamos atendendo para que o Estádio esteja prontinho para as estreias do CSA, na Série A, e do CRB, na Série B”, afirmou Renan Filho.

 

Para atender às normas e diretrizes do Manual de Licenciamento da CBF, o investimento no Estádio Rei Pelé é de R$ 4,5 milhões. São 15 itens obrigatórios para a realização de jogos da Série A, que serão entregues até o final deste mês, antes da estreia do CSA em Maceió pelo Campeonato Brasileiro de Futebol, marcada para o dia 1º de maio.

 

No total, as obras que beneficiam a maior praça esportiva de Alagoas, especificadas no Relatório do Rei Pelé, foram orçadas em R$ 11,9 milhões. Os serviços visam cumprir requisitos prioritários como segurança, exigências da CBF, solicitação dos clubes e da Federação Alagoana de Futebol (FAF), além de melhorias de funcionamento do estádio.

 

O relatório foi elaborado pelo Grupo de Trabalho (GT) para Estudo e Desenvolvimento do Futebol Alagoano, instituído por meio de decreto governamental no fim de 2018. No dia 13 de fevereiro deste ano, o governador e a secretária de Estado do Esporte, Lazer e Juventude, Claudia Petuba, assinaram a ordem de serviço para execução das obras de manutenção predial do Rei Pelé.

 

“Existem as exigências da CBF que serão entregues até o final do mês para o início do Campeonato Brasileiro e as demais melhorias que acontecerão no decorrer do ano, como a reforma dos banheiros, das bilheterias, bares, cabines de imprensa, dentre outras benfeitorias”, explicou o secretário executivo do Esporte, Lazer e Juventude, Charles Hebert.

 

Destacam-se entre os itens exigidos pela CBF a reforma dos vestiários da arbitragem, a implantação de uma sala para a realização dos exames antidoping, do sistema de iluminação provisório, que inclui geradores para os jogos; aquisição de novo placar eletrônico, sinalização do estádio, centro médico, novos bancos de reserva e sala para o sistema de vídeo-arbitragem (VAR) – sigla em inglês de video assistant referee ou árbitro assistente de vídeo.

 

“Estamos agora na reta final da primeira etapa a fim de cumprir todas as exigências que a CBF estabeleceu para que o Estádio possa estar apto a receber jogos oficiais da Série A. A maioria do itens trata da aquisição de equipamentos e a disponibilização de novos espaços. Logo em seguida, vamos passar para uma série de outras melhorias, que embora não sejam obrigatórias, fazem parte do compromisso do governador Renan Filho em oferecer um Estádio cada vez mais moderno, seguro e que possa orgulhar ainda mais os alagoanos”, acrescentou Claudia Petuba.

 

Além da secretária, acompanharam o governador na visita ao Rei Pelé o secretário de Estado da Infraestrutura, Maurício Quintella; o deputado estadual Silvio Camelo, o presidente da Federação Alagoana de Futebol (FAF), Felipe Feijó; e do Conselho Deliberativo do CSA, Raimundo Tavares.

 

 

“O Rei Pelé é um patrimônio do povo alagoano. Vamos preparar o Estádio para que as pessoas venham assistir aos jogos com toda a segurança e conforto”, acrescentou Maurício Quintella.

 

Atacante Walter cobra premiação do acesso à Série A e aciona o CSA na Justiça

Advogada do clube diz que contrato não prevê pagamento. Em audiência, não houve acordo

Walter cobra premiação pelo acesso com o CSA — Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas — Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

 

A conturbada relação entre Walter e CSA foi parar na Justiça. Ex-atleta do Azulão, o atacante acionou o clube cobrando premiação pelo acesso à Série A. Na manhã desta sexta-feira, houve uma audiência na Justiça do Trabalho, em Maceió, mas as partes não chegaram a um acordo.

 

Advogada do CSA, Caroline Laurentino falou sobre o pedido do jogador e defendeu o clube.

 

– Ele está solicitando, na verdade, o valor de uma premiação que teria acertada em pré-contrato e não foi acertada em contrato. Para o jogador, o contrato esportivo que vale é o contrato e não o pré-contrato. É assim em qualquer coisa. Por exemplo: se você compra um imóvel, faz lá um pré-contrato, como se fossem as tratativas, aí depois você faz o contrato e registra o contrato.

 

O que vale é o contrato que você registra

Caroline ainda acrescentou que o clube do Mutange está em dia com suas obrigações.

 

– Mas, graças a Deus, o CSA não ficou devendo nada a ele. Ele cumpriu todo contrato de trabalho, então, acredito que isso vai ser esclarecido pelo judiciário. Vamos aguardar.

 

Durante a audiência, Walter solicitou liberação para o saque do FGTS dele e o clube não se opôs ao pedido. Dessa forma, o atacante recebeu autorização da Justiça do Trabalho para receber os rendimentos.

 

 

Procurado pelo GloboEsporte.com, Walter evitou entrar em detalhes.

 

Walter no CSA

Walter foi a principal contratação do CSA para Série B de 2018. A sua passagem pelo clube foi intensa e cheia de acontecimentos. Teve lesão, prisão, doping, belas jogadas e muito tiração de onda nas redes sociais. Irreverente, Walter conquistou a torcida com o seu jeito brincalhão. Dentro de campo, fez a diferença em algumas partidas, mas jogou pouco.

Com ajuda de Thiago Alagoano, São Luiz vence o São José e avança à semifinal do Gauchão

“Rubro” também assegurou vaga no Campeonato Brasileiro Série D 2020

 

 

Imagem da Internet

 

O atacante natural da cidade de Delmiro Gouveia, Thiago Alagoano, ajudou mais uma vez o São Luiz, no Campeonato Gaúcho de Futebol. Desta vez, foi no segundo jogo das quartas de finais contra o São José.

 

A equipe do “Rubro” precisava vencer o arquirrival para avançar à próxima fase da competição, porém, aos 4 minutos do primeiro tempo, o São José abriu o placar, graças a um gol contra do zagueiro Pablo.

 

Sabendo da necessidade da vitória, o time do São Luiz voltou para o segundo tempo de forma diferente, e, no início da etapa complementar, o árbitro Anderson Farias marcou pênalti sofrido por Thiago Alagoano. A penalidade foi cobrada por Mikael, que converteu.

 

Jogando em casa, o “Rubro” continuou em busca da vitória e, aos 11 minutos, conseguiu a virada com Leílson, que fez o gol depois de um voleio dado pelo delmirense. A equipe da casa ainda teve outras chances para ampliar o placar, porém, parou nas boas defesas do goleiro Fábio.

 

Além de garantir a vaga na semifinal do Campeonato Gaúcho, o São Luiz também assegurou uma vaga no Campeonato Brasileiro Série D 2020. Agora, a equipe aguarda o vencedor do confronto entre Grêmio e Juventude.

CSA vence o Sergipe e volta ao G4 na Copa do Nordeste

Imagem da Internet

O CSA voltou ao G4 o Grupo B ao derrotar o Sergipe pelo placar de 2 a 0 na noite deste domingo, no Estádio Rei Pelé, pela penúltima rodada da primeira fase da Copa do Nordeste. Os gols foram marcados por Ronaldo Alves e Didira.

 

Com o resultado, o CSA entrou no G4, na quarta posição, com 13 pontos, e dependerá de apenas suas próprias forças para avançar, já que tem um a mais do que Bahia e ABC.O Sergipe, por outro lado, segue com vida, mas precisará de um milagre para classificar. Com três pontos, o Vermelhinho aparece em sexto lugar do Grupo A, contra seis do Salgueiro, primeiro dentro da zona de classificação.

 

O JOGO

A torcida do CSA terminou o primeiro tempo na bronca. Com uma forma lenta de jogar, o Azulão pouco fez para tirar o zero no placar, e viu o Sergipe criar boas chances de abrir o marcador. Como aos 20 minutos, quando Rhuan fez bela jogada pela direita e chutou para defesa de João Carlos.

 

A posse de bola do CSA pouco afetava o ritmo do Sergipe, que novamente ameaçou. Ramalho arriscou de fora da área e mandou rente ao gol de João Carlos. O Azulão buscou sempre Patrick Fabiano e Apodi, desta vez, sem sucesso.

 

No segundo tempo, o time alagoano voltou como uma disposição totalmente diferente, saiu para o gol e acabou compensado. Carlos Alexandre puxou Luciano Castan dentro da área, e o árbitro assinalou pênalti. Ronaldo Alves foi para a cobrança e fez 1a0.

 


O Sergipe sentiu o baque e deu mais liberdade para o CSA, que ampliou aos 34 minutos. Patrick Fabiano recuperou a bola de Brendon e acionou Didira. O meia mandou de pesquena esquerda no fundo das redes.

 

Com a boa vantagem construída, o CSA apenas administrou o resultado nos minutos finais para sair com um grande resultado que o manteve vivo na briga pela classificação.

 

PRÓXIMOS JOGOS
No próximo sábado, o CSA enfrenta o Altos, às 16h, no Estádio Albertão, em Teresina. No mesmo dia e horário, o Sergipe recebe o Moto Clube no Batistão, em Aracaju.

Governador assina ordem de serviço de Complexo Esportivo do Rei Pelé nesta quarta (13)

Investimento total será de R$ 1.975.248,24, recursos oriundos do Ministério do Esporte; obras serão iniciadas de imediato

 

O governador Renan Filho, a secretária de Estado do Esporte, Lazer e Juventude, Claudia Petuba, e o secretário de Infraestrutura, Fernando Fortes, assinam, na quarta-feira (13), a ordem de serviço para construção do Complexo Esportivo do Estádio Rei Pelé. A solenidade está marcada para as 8h30, no “Trapichão”, localizado na Avenida Siqueira Campos, Trapiche da Barra, em Maceió.

 

O investimento total será de R$ 1.975.248,24, recursos oriundos do Ministério do Esporte. As obras serão iniciadas de imediato e o prazo de conclusão é de 12 meses a partir do início dos serviços. O Complexo Esportivo oferecerá novos espaços para prática de diversas modalidades esportivas, numa área de 3.307,58 m2.

 

Serão construídos um campo de futebol society, uma quadra poliesportiva coberta, uma piscina semiolímpica e um dojô (espaço para prática de artes marciais), além de toda uma estrutura dotada de banheiros e vestiários.

Atleta delmirense conquista primeiro lugar em Campeonato de judô

Os atletas que conseguiram o primeiro lugar no Campeonato Alagoano de Judô estão automaticamente classificados para participar do campeonato regional em abril do ano que vem.

 

Ricardo Marinho, delmirense e judoca conquistou primeiro lugar do Campeonato Alagoano de Judô da categoria sub-13 na capital de Alagoas, Maceió.

 

Aluno do professor Edson do Banco do Brasil, Marinho está focado em sua participação na disputa do regional que será realizado em 2019, na cidade de Natal/RN.

 

A competição teve representatividade de todas as regiões do estado, com judocas de 21 municípios de Alagoas. Os atletas que conseguiram o primeiro lugar no Campeonato Alagoano de Judô estão automaticamente classificados para participar do campeonato regional em abril do ano que vem.

 

Cruzeiro vence o Corinthians e conquista a Copa do Brasil pela 6ª vez

Essa é a sexta conquista do time mineiro na competição, que agora, deixa o Grêmio para trás e se torna o maior detentor de troféus da Copa do Brasil.

 

Em partida marcada por grande interferência do árbitro de vídeo, o Cruzeiro venceu a equipe do Corinthians pelo placar de 2 a 1, na noite desta quarta-feira (17), na Arena Corinthians, em São Paulo, e conquistou o título da Copa do Brasil de 2018. Essa é a sexta conquista do time mineiro na competição, que agora, deixa o Grêmio para trás e se torna o maior detentor de troféus da Copa do Brasil.

 

O JOGO

 

O primeiro tempo foi marcado por um Cruzeiro muito bem postado defensivamente, como de costume, e visando explorar os espaços deixados pelo adversário. Já o Corinthians, mesmo com as mudanças de Jair Ventura, que visavam deixar o time mais ofensivo, pouco conseguiu criar, e insistiu em bolas cruzadas na área, contudo, do outro lado, Dedé estava soberano.

 

O gol do time mineiro foi marcado aos 27 minutos. Barcos recebeu a bola na entrada da área, após vacilo de Léo Santos, limpa o lance e chuta na trave, no rebote, Robinho finaliza sem chances para o goleiro Cássio.

 

2º TEMPO

 

Com só a vitória interessando, o Corinthians voltou com tudo para a segunda etapa e iniciou com grande pressão. Até que aos 5 minutos, Ralf disputou a bola com Thiago Neves e caiu dentro da área. Após consultar o recurso do vídeo, o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Jadson bateu e empatou o placar.

 

Aos 23 minutos, o garoto Pedrinho que entrou na segunda etapa, recebeu a bola na entrada da área, virou batendo e fez um belo gol encobrindo o goleiro Fábio. Contudo, o árbitro anulou o tento ao ver falta de Jadson em Dedé através do VAR.

 

Após o gol anulado, o Corinthians seguiu pressionando a Raposa, em busca do gol da virada. O técnico Jair Ventura deixou seu time mais ofensivo, sacando o volante Gabriel e colocando o meia Matheus Vital, enquanto Mano fechou mais seu time, colocando o volante Lucas Silva na vaga do meia Tiago Neves.

 

Até que os mineiros chegaram ao gol do título. Após um lance no ataque corintiano, o Cruzeiro conectou um rápido contra-ataque, Raniel recebeu a bola no círculo central e serviu De Arrascaeta. O uruguaio, que havia jogado no Japão no dia anterior por sua seleção, arrancou, e cara a cara com o goleiro Cássio, deu um leve toque por cobertura para marcar um golaço.

 

Após sofrer o segundo gol, o Corinthians que já estava totalmente ofensivo, abdicou de toda e qualquer organização e foi para a base do abafa. Já o time visitante, muito experiente, manteve-se totalmente fechado atrás e aguardo o tempo passar para comemorar o segundo título da Copa do Brasil consecutivo.