Alagoano Gilberto pode ser anunciado como reforço do Corinthians-SP

Timão faz proposta de dois anos e não liga para rejeição da torcida ao ex-atacante do rival.

Por Ítallo Timóteo com Globoesporte.com.br | 14 de janeiro de 2018 às 21:05

 

O alagoano Gilberto natural da cidade de Piranhas no Sertão, pode ser o novo reforço do Corinthians, o anuncio oficial pode acontecer nesta semana. O atacante de 28 anos que deixou o São Paulo em dezembro. O Corinthians apresentou uma proposta de duas temporadas.

 

Nos últimos dias nos Estados Unidos, após desistir da contratação de Henrique Dourado, do Fluminense, a diretoria abriu conversas por telefone com Sandro Zardo, representante de Gilberto – o jogador está empolgado com a possibilidade de vestir a camisa do Timão.

 

De volta ao Brasil com o fim do Torneio da Flórida, a direção alvinegra deve avaliar a contraproposta que será apresentada pelo empresário. Um encontro em São Paulo deve ocorrer nesta semana.

 

Nem mesmo a rejeição de parte da torcida deve atrapalhar o negócio. A torcida pega no pé de Gilberto por fatos ocorridos em 2011, quando ele estava no Santa Cruz. Na época, o atacante teve negociação muito avançada com o Corinthians, mas preferiu seguir para o Internacional. Nas redes sociais, alguns torcedores lançaram a campanha #GilbertonoCorinthiansNão.

 

Mesmo informada sobre esse clima, a diretoria se apega nas análises feitas pela comissão técnica, que classificam Gilberto como um reforço interessante para o ataque neste momento, devido ao baixo investimento necessário. Em 2017, fez 13 gols em 33 partidas, mesmo não sendo titular do São Paulo.

 

Além disso, o clube lembra que torcedores nas redes sociais já tiveram rejeição a nomes que, posteriormente, provaram que eram boas contratações. O clube pega como exemplo o próprio Jô, que foi bombardeado de críticas no fim de 2016 e se tornou o protagonista de 2017.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.