Delmiro: vereadores citados pelo MPE/AL emitem nota de esclarecimento

Por Redação Radar Notícias | 5 de outubro de 2019 às 11:15

Foto: Montagem

Os vereadores Ezequiel de Carvalho Costa (PSB), Fabíola Marques (PSL), Raimundo Valter Benício (Casa Grande) (PPS), Francisco de Assis (Kinho) (PRP), Marcos Costa e Júnior Lisboa (MDB), emitiram uma nota de esclarecimento para fala sobre a citação deles no pedido de prisão preventiva, através de uma ação penal expedida pelo procurador-geral do Ministério Público Estadual (MPE), Alfredo Gaspar de Mendonça Neto ao Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL).

O MPE também pediu ao TJ a prisão do prefeito, Eraldo Joaquim Cordeiro (PSD), por formação criminosa e desvio em licitações e contratos, além do afastamento de secretários, servidores e do ex-vereador Valdo sandes.

A nota relata que os parlamentares receberam a notícia com consternação, tendo em vista que os mesmos não foram ouvidos em nenhuma fase do processo.

Ainda de acordo com a nota, os vereadores confiam amplamente no papel da Justiça e reiteram que os fatos serão esclarecidos, provando a inonc~encia dos edis.

Confira a nota na íntegra: 

Os vereadores de Delmiro Gouveia receberam com surpresa a notícia veiculada na imprensa nesta sexta-feira (4), sobre o pedido de prisão preventiva pelo Ministério Público. Os parlamentares ressaltam que a consternação baseia-se no fato de nem mesmo terem sido ouvidos na fase inquisitorial do processo, frisando que não há motivo para o ato dispensado pelo MP. Os edis confiam amplamente no papel da justiça, sendo todos os fatos esclarecidos e provando a inocência dos mesmos.

Delmiro Gouveia, 4 de outubro de 2019.

Ezequiel de Carvalho Costa, Fabíola Marques, Raimundo Valter Benício (Casa Grande), Francisco de Assis (Kinho), Marcos Costa e Júnior Lisboa.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você é a favor do afastamento das autoridades de Delmiro Gouveia?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar89 © 2014 - 2017 Todos os direitos reservados.