Padre Eraldo vai convocar servidores da educação e Ministério Público para discutir Fundef

O Município vai receber o valor de R$ 56.774.228,04. O recurso encontra-se com bloqueio judicial e a expectativa é que esteja disponível para ser utilizado nos próximos meses.

Por Assessoria de Comunicação | 8 de janeiro de 2018 às 13:21

 

O município de Delmiro Gouveia aguarda com grande expectativa o precatório do antigo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef).

 

O Município vai receber o valor de R$ 56.774.228,04. O recurso encontra-se com bloqueio judicial e a expectativa é que esteja disponível para ser utilizado nos próximos meses.

 

O prefeito Padre Eraldo Cordeiro já deixou claro que o recurso será aplicado 100% na Educação e, para isso, vai convocar a categoria e o Ministério Público para discutir a aplicação do recurso. “Vou convocar o Sinteal, que é representante dos Servidores da educação, e o Ministério público para que possamos discutir a utilização deste recurso”, destacou padre Eraldo.

 

“Quando falo em educação, não é apenas a estrutura física das escolas que temos, mas, sim em ofertar um ensino de qualidade para nossas crianças, além de valorizar os profissionais e os servidores da Educação de nossa cidade”, havia destacado Eraldo em outra ocasião.

 

A convocatória será feita através de ofícios, que serão encaminhados ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas (Sinteal) e ao Ministério Público.

Deixe aqui seu Comentário

ENQUETE
  • Você está tomando os cuidados necessários para o coronavírus?

    Carregando ... Carregando ...
  • INSTAGRAM
    Radar notícias © 2014 - 2020 Todos os direitos reservados.