Com AL liderando média de mortes por Covid no país, fim de semana foi de festas e aglomerações

Por TNH1 | 28 de dezembro de 2020 às 8:00

Foto: Divulgação SSP

Apesar do endurecimento feito pelo Governo de Alagoas com o novo decreto emergencial, publicado no último dia 24, o final de semana após o feriado de Natal em Alagoas teve festas e aglomerações desrespeitando o plano de distanciamento social controlado para o combate da Covid-19.

Segundo o boletim desse domingo do consórcio de veículos de imprensa, Manaus e Alagoas lideraram a média móvel  de mortes, com alta de 123% e 122%, respectivamente. A média móvel de mortes representa uma média dos óbitos dos  últimos sete dias, o que elimina distorções como dias com maior alta e maior baixa no índice.

Em Maceió, na região de Guaxuma, vídeos que circulam nas redes sociais mostram dezenas de pessoas aglomeradas em uma festa, sem cumprimento de distanciamento ou uso de máscara. O TNH1 procurou a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Alagoas (SSP-AL) para saber sobre as denúncias e fiscalização durante o feriado.

A assessoria informou que o 5º Batalhão da Polícia Militar recebeu denúncias de moradores da região de Guaxuma sobre o evento. As guarnições foram ao local e constataram a festa ocorrendo com aglomeração, consumo de álcool e desrespeito ao decreto governamental. Os policiais encerraram o evento para fazer cumprir o decreto e assim evitar a propagação da Covid-19.

Já na Barra Nova, em Marechal Deodoro, Litoral Sul de Alagoas, o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) recebeu as denúncias de que havia aglomeração e perturbação do sossego com vários paredões de som na noite desse sábado (26). Todas as pessoas foram revistadas, os sons desligados e os presentes orientados sobre as aglomerações. Segundo a polícia, não havia o uso de máscara por parte de quem estava no local. Militares da 5ª Companhia e do Batalhão de Trânsito também participaram da operação.

De acordo com o decreto emergencial em vigência, os serviços de organização de eventos, reuniões, celebrações e comemorações poderão funcionar até às 3 horas da manhã do dia subsequente, com capacidade máxima para 300 pessoas, desde que estejam previamente autorizados pelo Poder Público e cumpram todas as medidas do Protocolo Sanitário dispostas no Decreto Estadual nº 71.467, de 29 de setembro de 2020.

Covid-19 em Alagoas

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), deste domingo (27), confirmou mais 426 novos casos de Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 103.551 casos confirmados do novo coronavírus até o momento. Além disso, foram registradas mais sete mortes em território alagoano, totalizando 2.461 óbitos por coronavírus.

Como denunciar? 

A SSP-AL explicou que o número 181 é o indicado para casos de eventos que ainda vão ocorrer e que possam descumprir o decreto governamental. Já o número 190 é para denunciar eventos, festas ou aglomerações que estão em andamento.

Deixe aqui seu Comentário

Radar notícias © 2014 - 2021 Todos os direitos reservados.