“A mudança começa hoje”, diz Renan Filho em posse e faz críticas à gestão tucana

Governador anunciou a demissão de 30% dos comissionados e deve vetar alterações na 17ª Vara Criminal

Crédito: Vanessa Alencar - Cada Minuto
Crédito: Vanessa Alencar – Cada Minuto

O novo governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), chegou à cerimônia de posse – que ocorreu na Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas – com o discurso afiado. O peemedebista fez críticas à gestão tucana, que durou oito anos, e lembrou que assume a administração estadual com os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) ultrapassados.

 

Renan Filho salientou – em entrevista coletiva à imprensa alagoana – que o ex-governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) sequer conseguiu pagar integralmente a folha de dezembro. Disse ainda que a situação do Estado era difícil em função da crise financeira, mas que  trabalharia duro para recuperar, diminuindo despesas e com projetos para aumentar a arrecadação.

 

Ao falar sobre o governo, voltou ao discurso de campanha utilizando a palavra “mudança”. “A mudança começa hoje”, enfatizou. Renan Filho afirmou ainda – ao ressaltar medidas práticas nos primeiros dias de governo – que pretende reduzir o número de cargos comissionados em 30% e o número de secretarias.

 

Durante a coletiva, o governador também foi indagado sobre o recente Projeto de Lei que regulamenta a atuação da 17ª Vara Criminal. O projeto foi aprovado pelos deputados estaduais contendo emendas que limitam a atuação da Vara e impedem que esta atue contra os parlamentares. Agora, para valer, depende apenas da sanção do atual governador eleito.

 

Renan Filho não fugiu ao assunto polêmico. “Já me manifestei em todas as oportunidades e sou favorável ao amplo funcionamento da 17ª Vara Criminal. Eu vou me posicionar como sempre me posicionei”, colocou o governador.

 

O governador também fez questão de frisar a parceria do seu governo com o governo e a bancada federal, destacando o “irrestrito e integral apoio da presidente Dilma Rousseff”.

 

O peemedebista – após os últimos dias com dúvidas em relação aos últimos nomes do secretariado – assume o governo com a equipe completa. Já nos próximos dias deve nomear também os cargos de segundo e terceiro escalão já que na mais recente edição do Diário Oficial do Estado de Alagoas foi publicada a exoneração de quase todos os comissionados.

 

Apesar das demissões terem sido feitas por Teotonio Vilela Filho (PSDB) como um dos últimos atos de seu governo, estas foram um pedido do próprio Renan Filho. As exceções das exonerações são nas áreas de Educação, Saúde, Fazenda, Defesa Social, Itec, Gabinete Civil e Seris, para não comprometer o funcionamento destas.

 

Renan Filho disse que vai conversar com os secretários, mas não entrou em detalhes sobre como se dará as novas nomeações, apenas adiantou que irá manter a “memória do Estado”, em referência aos comissionados que atuam como peças-chave no governo.

 

Revolução na educação e combate a corrupção

 

No discurso oficial de posse, o novo governador adotou um tom mais conciliador e pregou a união entre o governo e os demais poderes constituídos, além de conclamar a permanência da unidade dos partidos integrantes da chapa que lhe deram a vitória na eleição de outubro passado.

 

Ao falar das áreas mais importantes, Renan Filho prometeu uma “revolução na educação” e elogiou a capacidade e experiência do vice-governador, Luciano Barbosa (PMDB), que irá comandar a pasta: “Alagoas não pode mais adiar sua entrada na era do conhecimento”.

Ele acrescentou ainda que, em todas as áreas, “teremos que fazer mais com menos”: “Nosso governo vai diminuir número de secretarias, de comissionados para construir Estado mais sólido e funcional. Não há mais espaço para benesses e ostentações”, garantiu, com a promessa de um combate sem trégua a corrupção, “porque ela é tão criminosa quanto a pistolagem”.

 

Questionado sobre como seria o início da revolução a qual Renan Filho falou, Luciano Barbosa resumiu: “Vamos fortalecer o ensino fundamental e fortalecer o nível médio. A educação básica será o foco do processo”.

Deputado João Beltrão faz declaração polêmica sobre o desembargador Washington Luiz

Crédito: Ítallo Timóteo
João Beltrão e Dante durante entrevista ao programa Radar 89 na Delmiro FM 89,9 Crédito: Ítallo Timóteo

Em uma entrevista exclusiva concedida ao programa Radar 89 na Rádio Delmiro FM, o deputado estadual João Beltrão (PRTB), falou sobre os motivos do recente afastamento do prefeito de Piranhas, Dante Alaghuiery, por suposta improbidade administrativa.

 

Responsabilizando o desembargador Washington Luiz para beneficiar seu grupo político, o polêmico deputado lembrou que a influência do pai beneficiou a filha, a ex-prefeita da cidade, Mellina Freitas, quando foi acusada de desvio de recursos públicos na ordem de aproximadamente 16 milhões de reais, na época a justiça concedeu um salvo conduto e Mellina se livrou de ser presa.

 

Segundo Beltrão, o desembargador teria dito que não aguentaria ver a filha presa, e que se isso acontecesse, ele tiraria a própria vida.

 

Fazendo relação com as supostas palavras do futuro presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, o desafeto do juiz disse que se ele tivesse tirado sua própria vida “teria feito o bem para a população do município de Piranhas”.

 

João Beltrão afirmou que na época em que Mellina Freitas tinha sido denunciada pelo Ministério Público ele soube através de cinco desembargadores que Washington Luiz vivia chorando dentro do Tribunal e dizendo que ia se suicidar se prendessem a sua filha.

Em entrevista ao Radar 89, presidente da Câmara de Delmiro faz balanço

Valdo Sandes esteve acompanhado do vereador Edmo Oliveira, que também falou sobre o trabalho dos parlamentares

 

Crédito: Veruscka Alcântara
Crédito: Veruscka Alcântara

Em entrevista ao programa Radar 89 na Delmiro FM, nesta segunda-feira (29), o presidente da Câmara de Vereadores de Delmiro Gouveia, Valdo Sandes, fez um balanço das atividades na Casa Legislativa do ano de 2014. Valdo esteve acompanhado do vereador Edmo Oliveira, que também falou sobre os trabalhos desenvolvidos.

 

O presidente relacionou os principais assuntos debatidos entre os parlamentares, ressaltando que a Casa cumpriu o seu papel de representar o povo delmirense. “Durante o ano de 2014 a Câmara de Vereadores de Delmiro Gouveia cumpriu o seu papel de representante do povo, realizando diversos debates que tiveram como maior objetivo a aprovação de proposições que refletem diretamente na qualidade de vida da população”.

 

Valdo relembrou uma das principais votações do parlamento, que foi a rejeição da CIP, votada no início do mês. “O cidadão já paga vários impostos e ainda sobrecarregá-lo com mais uma taxa não seria justo. O que deveria ser feito era uma melhor utilização dos encargos que já são pagos, e não colocar mais uma taxa para o contribuinte. Esta rejeição da CIP foi em favor do povo delmirense”, frisou

 

Ele falou ainda das diversas audiências públicas, cujos debates culminaram em benefícios concretos para a comunidade, a exemplo da abertura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que foi tema de diversas discussões propositivas na Casa, como também a implantação do Conselho Municipal de Educação. “Esses debates refletiram diretamente em ações que beneficiam a comunidade delmirense. A Câmara de Vereadores sente-se muito orgulhosa em fazer parte das efetivas melhorias na nossa cidade e assim melhoram a vida da nossa gente”.

 

O vereador Edmo Oliveira reforçou a importância do trabalho do Legislativo delmirense, enfatizando especialmente a votação contra a  CIP. Ele explicou que, apesar de fazer parte da bancada governista, não poderia ir de encontro à população. “Quero enfatizar aqui que não votei contra o projeto do prefeito, mas a favor do povo delmirense. É preciso compreender que a administração pública não pode ir de encontro ao cidadão. Já existem tantas outras taxas e ainda colocar mais esta? Não, eu não poderia concordar”.

 

Edmo ressaltou ainda o trabalho de Valdo à frente da presidência da Câmara. “A Câmara tem sempre se posicionado ao lado do povo e acredito que Delmiro está muito bem representado. Quero parabenizar o presidente Valdo Sandes pelo papel que tem desenvolvido e que tem honrado o nosso legislativo, inclusive gozando de muito respeito no cenário político do nosso Estado”.

 

O parlamentar falou ainda sobre as suas principais indicações, reforçando que estará sempre trabalhando para o bem da comunidade. “Estamos enfrentando muitos problemas, mas não tenho dúvidas que se unirmos uma força-tarefa Delmiro Gouveia despontará novamente para o desenvolvimento”.

Dante acusa Washigton Luiz pelo seu afastamento e afirma que vai voltar à prefeitura de Piranhas

Crédito: Ítallo Timóteo
Crédito: Ítallo Timóteo

O prefeito afastado da cidade de Piranhas Dr. Dante Alighieri Salatiel de Alencar Bezerra de Menezes (PDT) concedeu uma entrevista exclusiva na tarde desta sexta-feira (26) ao programa Radar 89 da Rádio Delmiro FM. Dante afirmou que voltará a ser prefeito do município e que não tem nada a temer.

 

Ao afirmar que vai voltar à prefeitura, Dante foi perguntado pelo apresentador do programa, Ozildo Alves, o que o faz acreditar na sua volta uma vez que o Tribunal de Justiça de Alagoas a partir do próximo ano será presidido pelo Desembargador Washigton Luiz, que seria uns dos seus desafetos e pai da ex-prefeita Mellina Freitas e amigo de Giovanni Alfredo Jatubá, juiz titular da comarca de Piranhas.

 

O prefeito afastado já havia mencionado que o magistrado tomou uma atitude tendenciosa e omissa, mas respondeu à pergunta alegando que a justiça é feita para todos inclusive para quem é desembargador, numa clara referência a Washigton Luiz. Dante disse ainda que se não houver justiça em Alagoas ele irá procurar o CNJ, a Justiça Federal, mas esta será feita sim.

 

O ex-prefeito falou também da surpresa ao saber que tinha sido afastado da prefeitura e disse ter sido pego de surpresa. “Eu fui afastada por uma decisão estranhíssima aos bons entendedores de direito, eu fui afastado por uma ação movida por um cidadão que eu processo há muito tempo, mas que nunca tive o direito de ser ouvido”. Frisou Dante se referindo ao agropecuarista Thiago Nunes autor das denúncias.

 

Dante falou também, em tom irônico, da surpresa ao saber que o juiz da comarca de Piranhas, Dr. Giovanni Jatubá, leu um processo com mais de mil folhas em apenas dois dias e tomou a decisão de afastá-lo por 180 dias.

Diretorio estadual do Psol afasta vereadora mais votada de Maceió: Heloisa Helena

09834920-2592-47ae-bf99-3a1bd7ff7d6a

O Diretório estadual do Partido Socialismo e Liberdade ( PSOL) publicou uma esta semana nota oficial comunicando o “afastamento político da vereadora Heloisa Helena” de suas fileiras. A informação é do jornalista e escritor Pedro Oliveira, revelada para o Blog do Bernardino.

 

Na mesma nota o partido explica que ela não se afasta oficialmente e que “o seu mandato com a mesma, e o seu afastamento legal só acontecerá quando houver segurança de que nenhum problema ocorrerá com seu cargo”.

 

Heloisa Helena já há algum tempo flerta com a Rede da ex-senadora sua amiga, Marina Silva e apenas usou a legenda psolista para se candidatar ao senado este ano, em face da Rede não ter conseguido o registro no TSE.

 

Em Alagoas o partido fica sem representação na Câmara Municipal de Maceió, com o afastamento da combativa política que amargou em outubro último uma derrota para o senador Fernando Collor de Mello (PTB).

 

O outro vereador Guilherme Soares desde que assumiu partiu para o Pros do deputado federal Givaldo Carimbão por não suportar as pressões dos aliados psolistas. É bom recordar, nas duas eleições municipal de Maceió, Heloisa Helena foi a mais votada e com isso ainda puxou outro vereador. Antes foi Ricardo Barbosa que trocou o Psol pelo PT.

Dante concederá entrevista hoje ao programa Radar 89 na Delmiro FM

Facebook
Facebook

O ex-prefeito Dr Dante Alighieri Salatiel de Alencar Bezerra de Menezes do (PDT) concederá uma entrevista exclusiva nesta sexta-feira (26) ao programa Radar 89 na Delmiro FM 89,9 onde irá falar sobre o seu afastamento temporário da Prefeitura Municipal de Piranhas.

 

A entrevista foi confirmada pela assessoria de comunicação de Dante que estará a partir das 13h desta sexta-feira, na entrevista o ex-prefeito irá falar o que motivou a sua saída e outros assuntos, além disso, Dante irá explicar as supostas licitações dos veículos o que fez o Juiz Giovanni Jatubá titular da comarca local afasta-lo do cargo.

 

O portal radarnoticias.com.br irá reproduzir a entrevista completa.

Renan Filho indica ex-prefeita de Piranhas para Secretaria de Cultura

cd0af8fdb1e46229795fed09dc9f8d35A assessoria de imprensa do governador eleito Renan Filho (PMDB) divulgou, na manhã desta segunda-feira (22) os nomes dos titulares para as secretarias do Gabinete Civil; Educação; Defesa Social; Saúde; Planejamento e Gestão; Infraestrutura; Desenvolvimento Social; Mulher e Direitos Humanos; Trabalho, Emprego e Renda; Cultura, Transporte e Desenvolvimento Urbano; Esporte, Lazer e Juventude; Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

 

A ex-prefeita do município de Piranhas, a sertaneja Mellina Freitas, foi anunciada como secretária de Cultura do Estado. Logo após o anúncio, a jovem em entrevista ao programa Radar 89 na Delmiro FM, agradeceu a confiança do governador e falou dos projetos que tem para a melhoria da Cultura em Alagoas, e principalmente, no sertão.

 

 

Confira a lista e um breve histórico dos demais secretários:

 

Casa Civil: Fábio Farias

 

FÁBIO LUIZ ARAÚJO LOPES DE FARIAS – Médico formado pela Universidade Federal de Alagoas, é também empresário atuante em vários segmentos econômicos e agropecuarista. No setor representativo privado exerceu os postos de Conselheiro da Cooperativa dos Plantadores de Cana de Alagoas e membro do Conselho Consultivo da Portobello Shop. No serviço público, desempenhou as funções de Presidente da Febem (Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor), Superintendente da Fusal (Fundação de Saúde de Alagoas), Chefe de Gabinete da Secretaria Estadual de Saúde de Alagoas, Administrador do Porto de Maceió, Presidente do Conselho da Autoridade Portuária e Secretário de Estado da Educação e do Esporte de Alagoas. É suplente de Senador por Alagoas (mandato 2010-2018).

 

Educação: Luciano Barbosa

 

JOSÉ LUCIANO BARBOSA DA SILVA – Engenheiro Civil formado pela Universidade Federal de Alagoas, com mestrado em Economia pela Universidade Columbia, nos Estados Unidos, foi secretário de Educação da Prefeitura de Arapiraca (1993-1996), secretário de Finanças e de Saúde da Prefeitura de Arapiraca (1997-2004), secretário estadual dos Transportes e Obras e de Administração (1995-97) em Alagoas, secretário de Planejamento e Orçamento do Ministério da Justiça, em 1999. Foi também Ministro da Integração Nacional (2002-2003). Prefeito do município de Arapiraca, eleito em 2004 e reeleito em 2008. Exerceu também a presidência da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA).

 

Defesa Social: Alfredo Gaspar de Mendonça

 

​​​ALFREDO GASPAR DE MENDONÇA NETO – Advogado, pós-graduado em Direito Público, ingressou em 1996 na carreira do Ministério Público Estadual de Alagoas. Atuou como Promotor de Justiça Titular nas Comarcas de Maravilha, Palmeira dos Índios e Maceió, além de ter exercido seu ofício em várias Promotorias Especializadas Criminais do interior e da Capital, e nas assessorias técnicas do Procurador-Geral de Justiça e do Corregedor-Geral. Representando o MPE, participou das investigações de inúmeros casos de grande repercussão no Estado, a exemplo do assassinato da deputada federal Ceci Cunha (1998). Compôs o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos e está no exercício do segundo mandato como membro do Conselho Estadual de Segurança Pública do Estado de Alagoas. Atualmente, coordena o Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) do MPE. Por mais de uma década, exerceu a docência do ensino superior, sendo professor titular de Direito Penal no Centro Universitário Cesmac e na Escola Superior do Ministério Público alagoano, lecionando ainda na Faculdade Seune.

 

Saúde: Rozangela Wyszomirska

 

ROZANGELA MARIA DE ALMEIDA FERNANDES WYSZOMIRSKA – Graduada em Medicina pela Escola de Ciências Médicas de Alagoas (1980), atual Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas – UNCISAL, é especialista em gastroenterologia pela Federação Brasileira de Gastroenterologia, mestrado e doutorado pela Universidade Estadual de Campinas. Possui especialização em Auditoria em Saúde, Educação Médica, tendo participado do programa de desenvolvimento docente para educadores médicos (FAIMER-Brasil). É professora adjunta da UFAL e da UNCISAL. Pesquisadora nas linhas de esquistossomose mansoni e educação em saúde, com trabalhos publicados em revistas nacionais e internacionais. Reitora da UNCISAL desde 2009.

 

Planejamento e Gestão: Christian Teixeira

 

​CARLOS CHRISTIAN REIS TEIXEIRA, advogado, Pós-Graduado em Direito Eleitoral pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió/ CESMAC – Faculdade de Ciências Jurídicas/FADIMA; Bacharel em Direito pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió (CESMAC) – Faculdade de Ciências Jurídicas/FADIMA; Especialista nas áreas de direito Administrativo, Eleitoral, Cível e Trabalhista; Secretário-geral da Comissão de Ética na Administração Pública da Ordem dos Advogados do Brasil/Seccional Alagoas – OAB/AL. Foi Assessor Especial do Gabinete do Prefeito de Maceió; ex-Procurador-chefe de Licitações, Contratos e Convênios da Prefeitura Municipal de Maceió; advogado, ex-consultor jurídico do Fundo de Previdência do Município de Mar Vermelho/AL – FUNPREV; ex-assessor jurídico da Corregedoria Geral da Justiça de Alagoas – CGJ e ex-assessor jurídico do Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas – TJ/AL.

 

Infraestrutura: Aparecida Machado

 

MARIA APARECIDA DE OLIVEIRA BERTO MACHADO – Graduada em Administração pelo Cesmac, pós-graduada em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV); funcionária de carreira da Caixa Econômica Federal, desde 1989, exerceu as seguintes funções: Técnica de Fomento, Supervisora de Habitação, Gerente de Relacionamento Empresarial, Gerente Geral de Agências (Menestrel das Alagoas e Barão de Jaraguá), Gerente Regional de Construção Civil – segmento negocial; Superintendência da CEF em Alagoas, Gerente de Habitação – segmento técnico (Engenharia); Gerência Executiva de Habitação Alagoas (função atual). Possui especialização em Consultoria Empresarial; Finanças Empresariais; Certificação em Habitação e Formação de Tutores.

 

 

Cultura: Mellina Freitas

 

MELLINA TORRES FREITAS é Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Maceió (FADIMA), Fundação Educacional Jayme de Altavilla, 2007. É escritora e poetisa, com vários trabalhos publicados, como “O Vôo das Borboletas”, Editora Catavento, 2005. “Cacilda, Mulher Coragem”, Editora GrafMarques, 2012; membro efetiva da Academia Maceioense de Letras, ocupando a Cadeira 27; integrante do Grupo Literário Alagoano; ex-Prefeita do Município de Piranhas (2008 a 2012), tendo desenvolvido no âmbito cultural, dentre outras iniciativas, as seguintes ações: implantação do Centro Cultural Miguel Arcanjo de Medeiros; construção do Conservatório de Música Cacilda Damasceno Freitas; implantação do Grupo Armorial de Piranhas – GEMAPE; implantação do coral Cantos do Velho Chico; criação do Grupo de Chorinho Chorões do São Francisco; criação do Grupo de Xaxado Cabras de Lampião; construção do Observatório José Brandão de Sousa; aquisição da canoa (tipo chata) EntreMontes, para resgate da história do Baixo São Francisco.

 

 

 

Desenvolvimento Social: Joaquim Brito

 

JOAQUIM ANTONIO DE CARVALHO BRITO: formado em Psicologia (Cesmac), técnico Industrial, é servidor aposentado da antiga Companhia Energética de Alagoas (Ceal), atualmente Eletrobras Distribuição Alagoas; ex- presidente do Sindicato dos Eletricitários de Alagoas; ex-presidente da Central Única dos Trabalhadores em Alagoas; ex-presidente do Partido dos Trabalhadores em Alagoas; Secretário de Estado do Trabalho e Assistência Social de Alagoas, em 1999; Presidente da Eletrobras Distribuição Alagoas (de 2003 a 2008); integrou o Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Trabalho e Assistência Social e atualmente é membro do Conselho de Administração da Eletrobras Distribuição Amazonas.

 

Defesa da Mulher e dos Direitos Humanos: Rosinha da Adefal

 

ROSEANE CAVALCANTE DE FREITAS (Rosinha da Adefal) – Funcionária pública federal, com formação superior em Direito pelo Cesmac; Na diretoria da Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas (ADEFAL) exerceu a 2ª Secretaria, Diretoria de Esporte, 1ª Secretaria, Presidenta. Foi Vereadora por Maceió (2007-2009) e presidiu a Comissão de Assuntos Urbanos da Câmara Municipal, e ali também integrou as Comissões de Direitos Humanos, dos Direitos da Mulher e de Ética Parlamentar. Deputada Federal (2011-2015), foi titular da Procuradoria da Mulher e participou de diversas Comissões, como as de Seguridade Social e Família – CSSF, de Direitos Humanos e Minorias, de Seguridade Social e Família, de Turismo e de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio.

 

Trabalho, Emprego e Renda: Rafael Brito

 

RAFAEL GÓES DE BRITO – Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), concluído em 2002; Master of Business Administration (MBA) em marketing pelo IPAM (Instituto Português em Administração e Marketing), concluído em 2005; MBA em gestão empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), concluído em 2011. Empresário desde o ano 2000, atua em diversos campos de empreendedorismo.

 

 

Transporte e Desenvolvimento Urbano: Mosart Amaral

 

MOSART DA SILVA AMARAL – Engenheiro Civil formado pela Universidade Federal de Alagoas, integrante do quadro funcional da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) desde 1985. De abril/1986 a março/1987 – Superintendente da SUMOV (Superintendência Municipal de Obras e Viação) da Prefeitura de Maceió; Diretor de Operações da Companhia de Saneamento de Alagoas (1987-1990); Diretor de Projetos e Obras da Companhia de Saneamento de Alagoas (1990); Gerente de Suprimentos da Companhia de Saneamento de Alagoas (2003-2004); de janeiro/2004 a abril/2006, Superintendente da SOMURB (Superintendência Municipal de Obras e Urbanização de Maceió), de 2004 a 2006; e Secretário de Infraestrutura e Urbanização da Prefeitura de Maceió, (2006/20012).

 

Esporte, Lazer e Juventude: Cláudia Petuba

 

CLÁUDIA ANICETO CAETANO PETUBA – Graduada em Administração pela Universidade Federal de Alagoas e bacharela em Direito pela IESA, com especialização em Direito Público, em 2013 iniciou carreira docente no ensino superior como professora de Direito Constitucional. Como líder estudantil foi coordenadora-geral do Centro Acadêmico de Direito da FAA/IESA, coordenadora-geral do Diretório Central do Estudantes-DCE da UFAL e da direção nacional da União Nacional dos Estudantes (UNE). Participou da Comissão Organizadora de Alagoas da III Conferência do Esporte, sendo indicada pela Comissão Nacional como uma das instrutoras do Plano Decenal do Esporte em Alagoas, e da II Conferência de Juventude.

 

Meio Ambiente e Recursos Hídricos: Alexandre Ayres

 

​CLÁUDIO ALEXANDRE AYRES DA COSTA – Bacharel em Direito pelo Cesmac/Fundação Jayme de Altavila; Pós-graduando em Gestão de Cidades pela Unit; Assessor jurídico da Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Alagoas (2004/2007); Assessor jurídico da Prefeitura Municipal de Anadia/AL (2006/2007); Coordenador da assessoria jurídica da Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (2007/2009); Procurador Geral do Município de Jequiá da Praia/AL (2009/2012); Superintendente da AMA – Associação dos Municípios de Alagoas (2013/2014); Assessor Técnico da AMA – Associação dos Municípios de Alagoas (2014).

a) EntreMontes, para resgate da história do Baixo São Francisco.

Homem é morto com tiros na cabeça e Jatobá-PE registra mais um homicídio

Mais um assassinato aconteceu hoje sábado (20/12) em Jatobá. Por volta das 15h no Bairro Jatobá 2 o cidadão conhecido pelo apelido de “Moquinho, foi alvejado com vários tiros na região da cabeça.

 

Segundo informações Moquinho estava na rua em frente a sua residência quando foi assassinado, populares informaram que foram duas pessoas pilotando uma motocicleta de cor preta e que após o ato sairam em retirada com destino ignorado.

 

Moquinho era irmão de “Antônio Recife”, que reside no Bairro de Itaparica. Somente este mês de dezembro já é o terceiro homicídio ocorrido em Jatobá. A Polícia Militar esteve presente no local e tomou depoimentos dos vizinhos de “Moquinho”.

Renan Calheiros é lembrado pelos caciques do PMDB para ser presidente Nacional do Partido

O primeiro na lista de sucessores é o presidente do Senado, Renan Calheiros.”

9a83f549-dd4e-4d08-b1e3-40c6058b17c7Os caciques do PMDB do Senado querem convocar eleições para tirar o vice Michel Temer do comando.

 

A informação é publicada hoje na coluna do jornalista Ilimar Franco do O Globo.

 

Segundo Ilimar Franco: ” Eles estão descontentes com a atuação de Temer na formação do Ministério da presidente Dilma. Reclamam que ele já está representado, é vice, e que não precisa de mais: Moreira Franco e Eliseu Padilha. O primeiro na lista de sucessores é o presidente do Senado, Renan Calheiros.”

 

acesse>twitter@Bsoutomaior

 

Email:bernardinosm01@hotmail.com

Dante fala do seu afastamento temporário da Prefeitura de Piranhas

Dante acusa ser armação política e diz que autor da denúncia é pessoa ligada do Desembargador Washington Luiz

Divulgação
Divulgação

Após ser afastado por ordem judicial o prefeito do município de Piranhas Dante Alighieri Salatiel de Alencar Bezerra de Menezes (PDT), através de sua assessoria enviou uma nota de esclarecimento para o portal radar89. Confira:

 

 

Eu, Dante Bezerra de Menezes, venho a público manifestar minha profunda indignação e irresignação com a decisão judicial que fora amplamente noticiada pela mídia, na qual o Juiz de Direito da Comarca de Piranhas/AL, Giovanni Alfredo de Oliveira Jatubá, determinou o meu afastamento liminar do cargo de prefeito em decorrência de uma Ação Popular, movida por um claro desafeto político meu (Thiago Nunes – réu do processo nº 0000479-81.2014.8.02.0030 distribuído em 04/07/2014), pessoa publicamente vinculada ao Desembargador Washington Luiz, que será empossado Presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas em poucos dias.

 

Importante esclarecer que o Magistrado, em tempo recorde, proferiu decisão TENDENCIOSA e OMISSA, sem me oportunizar o direito de defesa e o esclarecimento dos fatos apontados, deixando de observar que o Município de Piranhas já apresentou os documentos solicitados desde outubro do corrente ano, inexistindo qualquer despacho determinando a apresentação de documentos complementares após tal data.

 

No meu sentir, tal conduta ultrapassou os limites da legalidade e da separação dos poderes, e se deu unicamente com o intuito de devolver o comando municipal àqueles que sempre atuaram como proprietários de Piranhas e que operaram suas ações com o uso da força e da imposição do medo, posto que na última eleição municipal a democracia imperou no nosso município com minha vitória nas urnas.

 

É fato público e notório a relação existente entre o magistrado citado e o Des. Washington Luiz e sua família, tanto é assim que o Dr. Giovanni Jatubá foi agraciado com o título de CIDADÃO HONORÁRIO de Piranhas no ano de 2012, por iniciativa da então Prefeita e Filha do referido Desembargador.

 

Ademais, os fatos apontados na Ação Popular já eram de conhecimento do Ministério Público do Estado de Alagoas, que vem atuando com respeito ao devido processo legal em casos dessa ordem.

 

Tudo quanto relatado pelo munícipe Thiago Nunes está sendo regularmente apurado pelo Ministério Público do Estado de Alagoas, que é o órgão competente para adoção das medidas visando a proteção do interesse público, órgão este que teve sua participação cerceada, a fim de garantir que os seus membros não causassem embaraços aos interesses escusos perseguidos pelos mentores da barbaridade cometida.

 

Nunca acreditei nos rumores alardeados no sertão alagoano de que o dia 18 de dezembro seria lembrado em Piranhas como “o dia que Dante seria defenestrado da prefeitura”, pois sempre atuei dentro dos limites da ética, da legalidade e do respeito ao Poder Judiciário, mas tenho certeza de que tal ato arbitrário não será jamais esquecido em nossa comunidade, diante das posturas e atitudes legais que serão por mim capitaneadas desde já.

 

Agora entendo o porque do dia 18… Ontem foi a diplomação dos eleitos nas eleições de 2014, data festiva para a família Damasceno de Freiras, que certamente já tinham incluído em suas comemorações políticas o ato judicial ora noticiado ─tornando a festa numa dupla consagração─, que lhes garantiu também a reconquista, mesmo que provisória, do posto perdido no Sertão Alagoano.

 

Reitero o meu compromisso com o povo de Piranhas e afirmo com contundência a regularidade e legalidade de todos os atos praticados por mim na condição de Prefeito de Piranhas, ressaltando que todos os atos administrativos da atual gestão foram revestidos da necessária e constitucional publicidade, além de terem atendidos aos princípios da legalidade e moralidade administrativa.

 

Honrarei o mandato eletivo a mim confiado e tomarei todas as medidas legais a fim de reestabelecer a vontade soberana do povo de Piranhas. Não me acovardarei nem tampouco me renderei a golpes institucionais dessa natureza.