Ex-secretária denuncia Vereador de Delmiro por desvio de salário

“…aquela verba era dele e o mesmo quem deveria dividir para todos os assessores” Declara ex-secretária de Pedro Paulo.

1503850_742499079105476_7551464763390208207_nNo dia 8 de outubro deste ano, a ex-secretária do vereador Pedro Paulo (PT), compareceu a Promotoria de Justiça da cidade de Delmiro Gouveia. A ex-secretária fez declarações sobre salário e a forma como o pagamento era efetuado.

 

Tassia Daielle Rodrigues começou a trabalhar como secretária para o vereador em 2013, veja o que ela relatou a Promotoria de Justiça.

 

“No início de 2013, fui procurada pelo vereador Pedro Paulo,…para que desempenhasse atividades de secretária,…com a alegação de que na época em que foi sua aluna era uma pessoa aplicada e responsável com suas obrigações”

 

O início e os dias de trabalho

 

“Na oportunidade o vereador ofereceu a quantia de R$ 700,00 mensal, para que…trabalhasse apenas 03 dias na semana (segundas, quintas e sextas, ou quando o mesmo necessitasse).

 

“Sua contratação se deu ainda em janeiro do ano de 2013, porém só começou a receber no mês de março por conta do recesso na Câmara de vereadores”

 

Do salário

 

“No início do trabalho recebia um cheque da Câmara de Vereadores em seu nome e assinava no verso e passava para o Assessor Paulo da Silva Novais, pois o valor que vinha em seu nome era sacado por outra pessoa para poder se chegar em suas mãos a quantia acordada com o vereador R$ 700,00.”

 

Fato estranho

 

A ex-secretária declarou que: “Achou estranho receber um cheque em seu nome no valor de R$ 1.000,00 e ter que repassar para terceiros fazer o saque; Que: Questionou o vereador Pedro Paulo e o mesmo fez uma reunião com todos aqueles que prestavam um serviço de assessoria e o mesmo informou que aquela verba era dele e o mesmo quem deveria dividir para todos os assessores. Que; quem fazia os pagamentos era a pessoa de Paulo Novais”

 

O Cartão e os pagamentos

 

A Ex-secretária declarou que: depois de alguns meses recebeu um cartão bancário em seu nome no qual era depositado o seu salário mensalmente, porém o primeiro pagamento teve que fazer o saque do valor que entrou na conta e entregar todo nas mãos do Sr.: Paulo Novais, este que contava o montante, separava os R$ 700,00 da declarante e ficava com o restante

 

“Depois disso o Vereador Pedro Paulo fez uma reunião com todos e exigiu a entrega dos cartões bancários para que ele administrasse e se alguém se recusasse a entregar os referidos cartões estaria fora do emprego, quem ficava com os cartões e ainda fica é a pessoa de Paulo Novais”

 

Movimentação da conta

 

A ex-secretária declarou que: “só ficou com o cartão em seu nome por aproximadamente 01 mês, que foi a única vez que efetuou o saque pessoalmente, as outras vezes não sabe quem retirou o dinheiro, nem quanto ao certo entrava na conta.

 

Fim do contrato

 

Declarou ainda que: “prestou serviço para o vereador Pedro Paulo até o mês de Julho do corrente ano…que em junho do corrente ano foi procurada pela pessoa de Paulo Novais e este lhe ela só iria receber até o mês de julho.

 

A entrega do Cartão

 

Afirmou que “Só teve o cartão de volta no início do mês de setembro do corrente ano”

O assessor do vereador Pedro Paulo, Paulo Novais e outras pessoas citadas nas declarações da ex-secretária, já deram suas declarações a Promotoria de Justiça na cidade de Delmiro Gouveia-AL que serão publicada em seguida.

Renan Calheiros diz que não vai concorrer à presidência do Senado

renanCalheirosContrariando o que circulava nos bastidores da imprensa, o atual presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB) disse – na tarde de hoje, dia 28 – que não vai concorrer à presidência daquela Casa pelo segundo mandato consecutivo.

 

Calheiros era tido como o nome favorito até pela posição que o PMDB alcançou ao final do pleito e devido – evidentemente – ao seu poder de articulação dentro da Casa. O senador alagoano não entra na disputa, mas a vaga será de um peemedebista pela “correlação de forças”.

 

O partido – por sinal – briga para fazer as duas presidências: Senado Federal e Câmara de Deputados. “Eu, sinceramente, não sou candidato”, enfatizou Calheiros. Renan é uma das principais lideranças políticas do Nordeste. Enxadrista, o presidente do Senado conseguiu eleger o filho – o deputado federal Renan Filho (PMDB) – governador do Estado de Alagoas e segue um dos importantes “aliados” do governo da presidente Dilma Rousseff (PT).

 

Renan Calheiros terá extrema importância nesta reta final de governo petista, ajudando no calendário de ações do Legislativo. Sobre a presidência, Calheiros disse que já disputou “três  vezes” e que “está concluindo esta obra”. Sobre qual nome o PMDB deve indicar, o senador alagoano diz que a decisão fica para janeiro e desconversou. “Será escolhido por bancada” resumiu.

 

O PMDB tem 19 dos 81 senadores. A eleição para o Senado ocorre na segunda sessão legislativa de 2015, que é prevista para o dia 3 de fevereiro. O mandato é de dois anos. Ou seja: o próximo presidente comandará até 2016 dentro de uma conjuntura que prevê que ocorra em fim a reforma política tão esperada. Calheiros deixará o comanda da Casa defendendo que esta seja feita por referendo – como comentei na manhã de hoje – divergindo da presidente Dilma, que quer um plebiscito.

Veja a votação de Dilma e Aécio em todos os municípios de Alagoas

foto1

A presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) voltou a ter larga vantagem nas eleições 2014 em Alagoas. Contando com o apoio do governador eleito, Renan Filho (PMDB), e do senador Fernando Collor de Mello (PTB), a petista somou votos importantes que a colocaram a frente da disputa em grande parte dos municípios.

Após 100% das urnas apuradas, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou que Dilma conquistou em Alagoas 941.286 votos, o que significa 62,12% dos votos válidos. O candidato tucano, Aécio Neves (PSDB), somou 574.012 votos, chegando aos 37. Dos dois milhões de eleitores no estado, 80,37% foram às urnas e 19,63% se abstiveram. Os votos brancos somaram 1,56% (24.998) e nulos, 3,95% (63.293), somando um total de 1.515.298 votos válidos (94,49%).

Com uma votação expressiva no estado, Dilma Rousseff conquistou apoio da maioria do eleitorado de 90 municípios alagoanos. Em apenas 12 cidades, seu adversário, Aécio Neves, levou a melhor. O percentual em Alagoas foi superior ao nacional – Dilma teve 51,64% do eleitorado contra 48,37% do candidato tucano.

Na capital alagoana, a disputa foi acirrada entre Dilma e Aécio. A petista teve 51,09% contra 48,91% para Aécio. Em Arapiraca, capital do Agreste, a pontuação de Dilma foi um pouco mais expressiva, vencendo o tucano com 60,61% a 39,39%. Em outra cidade importante de Alagoas, Santana do Ipanema, Dilma somou 79,57%, já Aécio ficou com 20,43%. Em União dos Palmares, a petista chegou 63,82% contra 36,18% de Aécio Neves. Na maior cidade do Sertão, Delmiro Gouveia, foram 84,94% dos votos para Dilma e 15,06% para o candidato do PSDB.

E foram em dois municípios sertanejos que a candidata ligada ao ex-presidente Lula teve os maiores percentuais, ultrapassando a casa dos 90%: Piranhas e Olho D’Água do Casado. Na histórica Piranhas, Dilma chegou a 91,02% e Aécio ficou com 8,98%. Mas foi em Olho D’Água do Casado que a petista conquistou o maior percentual do estado: 91,75% contra 8,25%;

Aécio Neves saiu vitorioso em doze cidades. Foram elas: Colônia Leopoldina, Coruripe, Flexeiras, Japaratinga, Jundiá, Maragogi, Matriz de Camaragibe, Novo Lino, Porto Calvo, Porto de Pedras, São Miguel dos Campos e São Miguel dos Milagres.

Confira abaixo os percentuais de Dilma e Aécio por todas as cidades em Alagoas:

Água Branca – Dilma: 85,90% / Aécio Neves 14,10%

Anadia – Dilma: 68,60% / Aécio: 31,94%

Arapiraca – Dilma: 60,61% / Aécio: 39,39%

Atalaia – Dilma: 62,92% / Aécio: 37,08%

Barra de Santo Antônio – Dilma: 66,22% / Aécio: 33,78%

Barra de São Miguel – Dilma: 52,25% / Aécio: 47,75%

Batalha – Dilma: 75,90% / Aécio: 24,10%

Belém – Dilma: 67,98% / Aécio: 32,02%

Belo Monte – Dilma: 82,69% / Aécio: 17,31%

Boca da Mata – Dilma: 62,39% / Aécio: 37,61%

Branquinha – Dilma: 64,50% / Aécio: 35,50%

Cacimbinhas – Dilma: 75,67% / Aécio: 24,33%

Cajueiro – Dilma: 53,09% / Aécio: 46,91%

Campestre – Dilma: 66,14% / Aécio: 33,86%

Campo Alegre – Dilma: 64,83% / Aécio: 35,17%

Campo Grande – Dilma: 85,05% / Aécio: 14,95%

Canapi – Dilma: 88,61% / Aécio: 11,39%

Capela – Dilma: 61,52% / Aécio: 38,48%

Carneiros – Dilma: 83,64% / Aécio: 16,36%

Chã Preta – Dilma: 74,69% / Aécio: 25,31%

Coité do Noia – Dilma: 83,80% / Aécio: 16,20%

Colônia Leopoldina – Dilma: 48,63% / Aécio: 51,37%

Coqueiro Seco – Dilma: 65,40% / Aécio: 34,60%

Coruripe – Dilma: 45,47% / Aécio: 54,53%

Craíbas – Dilma: 83,71% / Aécio: 16,29%

Delmiro Gouveia – Dilma: 84,94% / Aécio: 15,06%

Dois Riachos – Dilma: 77,61% / Aécio: 22,39%

Estrela de Alagoas – Dilma: 83,54% / Aécio: 16,46%

Feira Grande – Dilma: 83,10% / Aécio: 16,90%

Feliz Deserto – Dilma: 61,12% / Aécio: 38,88%

Flexeiras – Dilma: 35,08% / Aécio: 64,92%

Girau do Ponciano – Dilma: 87,79% / Aécio: 12,21%

Ibateguara – Dilma: 50,96% / Aécio: 49,04%

Igaci – Dilma: 86,91% / Aécio: 13,09%

Igreja Nova – Dilma: 76,68% / Aécio: 23,32%

Inhapi – Dilma: 88,94% / Aécio: 11,06%

Jacaré dos Homens – Dilma: 81,50% / Aécio: 18,50%

Jacuípe – Dilma: 64,94% / Aécio: 35,06%

Japaratinga – Dilma: 37,28% / Aécio: 62,72%

Jaramataia – Dilma: 78,80% / Aécio: 21,20%

Jequiá da Praia – Dilma: 63,15% / Aécio: 36,85%

Joaquim Gomes – Dilma: 65,82% / Aécio: 34,16%

Jundiá – Dilma: 41,39% / Aécio: 58,61%

Junqueiro – Dilma: 68,45% / Aécio: 31,55%

Lagoa da Canoa – Dilma: 76,92% / Aécio: 23,08%

Limoeiro de Anadia – Dilma: 77,31% / Aécio: 22,69%

Maceió – Dilma: 51,09% / Aécio: 48,91%

Major Isidoro – Dilma: 71,76% / Aécio: 28,24%

Mar Vermelho – Dilma: 75,43 % / Aécio: 24,57%

Maragogi – Dilma: 37,50% / Aécio: 62,50%

Maravilha – Dilma: 73,20% / Aécio: 26,80%

Marechal Deodoro – Dilma: 50,48% / Aécio: 49,52%

Maribondo – Dilma: 64,51% / Aécio: 35,49%

Mata Grande – Dilma: 85,67% / Aécio: 14,33%

Matriz de Camaragibe – Dilma: 49,27% / Aécio: 50,73%

Messias – Dilma: 61,03% / Aécio: 38,97%

Minador do Negrão – Dilma: 78,67% / Aécio: 21,33%

Monteirópolis – Dilma: 80,24% / Aécio: 19,76%

Murici – Dilma: 55,72% / Aécio: 44,28%

Novo Lino – Dilma: 49,37% / Aécio: 50,63%

Olho D’Água das Flores – Dilma: 54,10% / Aécio: 45,90%

Olho D’Água do Casado – Dilma: 91,75% / Aécio: 8,25%

Olho D’Água Grande – Dilma: 87,98% / Aécio: 12,02%

Olivença – Dilma: 75,16% / Aécio: 24,84%

Advogado chama nordestinos de ‘macacos incultos’ após vitória de Dilma

O advogado alagoano, Normando Albuquerque, usou o seu perfil nas redes sociais para se manifestar logo após o resultado das eleições que reconduziram Dilma Rousseff para mais quatro anos de mandato. Como Dilma venceu em todos os estados do Nordeste o que a ajudou a superar seu adversário, isso motivou o advogado que apoiava Aécio Neves (PSDB) a desabafar na web e publicar o polêmico comentário, mas como a repercussão foi imediata, o operador de Direito logo excluiu de sua página a referida postagem.

 

Veja o que ele publicou:

 

 

advogado chama nordestinos de bláblá

 

 

Alguns seguidores comentaram a publicação do advogado em formas de criticas e outros de apoio ao seu manifesto.

 

 

Dilma Rousseff é reeleita Presidenta do Brasil e vai governar por mais 4 anos

Nordeste mais uma vez teve papel fundamental na reeleição

200px-Dilma_Rousseff_-_foto_oficial_2011-01-09Após quatro anos de um mandato com importantes avanços, Dilma Rousseff é reeleita Presidenta do Brasil. A candidata petista derrotou o tucano Aécio Neves do segundo turno das eleições, neste domingo (26) de acordo com os dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

 

Antes de sair vitoriosa das urnas, Dilma enfrentou uma das campanhas mais agressivas da história. Se, no primeiro turno, o debate de propostas já havia sido sobreposto por discussões eleitorais, no segundo, os ânimos ficaram mais acirrados.

 

Às 19:33hs Dilma já era dada como eleita. Dilma aparece com 51,62% dos votos válidos, enquanto o seu adversário obteve 48,38% dos votos. Chamou atenção o grande número de abstenções, mais de 30 milhões de brasileiros deixaram de votar no segundo turno.

 

O nordeste mais uma vez exerceu uma grande força para que a Presidenta Dilma Rousseff se sagrasse vencedora no pleito deste ano. Mais de 70% dos votos válidos na região nordeste foram dedicados a Presidenta reeleita, enquanto seu opositor não conseguiu chegar a 30%.

 

Esta eleição foi considerada pelos grandes analistas políticos a mais acirrada de todos os tempos.

Eleitores de Delmiro Gouveia dão 21.827 votos para Dilma Rousseff

35fe8b8fbdf0d8f5fbd4c9f233230442

Dilma Rousseff: 21.827 mil votos (84,94%) dos votos

 

Aécio Neves: 3.871 mil votos (15%) dos votos

 

 

Total de votos apurados: 26.746

 

Votos válidos: 25.698 (96,68%)

 

Votos em branco: 252 (0,94%)

 

Votos nulos: 796 (2,98%)

 

Votos anulados e apurados em separado: 0

 

Seções totalizadas: 131 (100,00%)

 

Comparecimento: 26.746 (79,49%)

 

Abstenção: 6.899 (20,51%)

Veja a movimentação dos eleitores delmirenses neste domingo

Tranquilidade é destaque no 2º Turno das Eleições

A população de Delmiro Gouveia comparece de forma tranquila para o segundo turno das Eleições Gerais de 2014. Em relação às regras e deveres aplicados no primeiro turno, as mesmas estão valendo no segundo.

 

No primeiro turno, 27.228 do total de 33.644 eleitores compareceram às urnas. O que corresponde a 80,93%. No segundo turno, os locais de votação são os mesmos. A quantidade de urnas também, uma urna por cada Seção Eleitoral.

 

Em Delmiro Gouveia, assim como em todo estado os eleitores votam apenas para Presidente, uma vez que não houve segundo turno para o cargo de Governador.

 

O presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, disse que o resultado parcial das eleições começará a ser conhecido somente às 20h, inclusive para os ministros da Justiça Eleitoral. “As telas para presidente da República serão abertas somente às 20h em respeito ao horário do estado do Acre e de alguns municípios do estado do Amazonas”, disse.

 

A partir das 17:00 você pode acompanhar a apuração pela Rádio Delmiro FM 89,9.

 

Dilma tem 53%, e Aécio, 47% dos votos válidos, aponta Ibope

Levantamento com 3.010 eleitores foi feito nos dias 24 e 25 de outubro.
Margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

35fe8b8fbdf0d8f5fbd4c9f233230442Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (25) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República:

 

– Dilma Rousseff (PT): 53%

 

– Aécio Neves (PSDB): 47%

 

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

 

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S. Paulo”.

 

No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 23, Dilma tinha 54% e Aécio, 46%.

 

Votos totais

 

Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:

 

– Dilma Rousseff (PT): 49%

 

– Aécio Neves (PSDB): 43%

 

– Branco/nulo: 5%

 

– Não sabe/não respondeu: 3%

 

O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 206 municípios nos dias 24 e 25 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01195/2014.

 

1º turno

 

No primeiro turno, Dilma teve 41,59% dos votos válidos e Aécio, 33,55% (veja os números completos da apuração no país).